MAIS LIDAS AGORA:
Terça, 17 Abril 2018 07:18

Número de acidentes no CE cresce com aumento da frota de motos Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Os acidentes de trânsito no Ceará estão ligados ao aumento da frota de motociclistas. Em 2017, cerca de 1,3 milhão de motocicletas circulavam pelas ruas, avenidas e rodovias do Estado. Segundo o Instituto José Frota (IJF), 57% das 15.023 vítimas de trânsito que chegaram ao hospital em 2017 correspondiam a pilotos ou passageiros de motocicletas.

O porta-voz do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), jornalista Paulo Ernesto, disse, em entrevista à edição desta terça-feira, 17, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 103.4 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), que os acidentes ocorrem, principalmente, devido a irresponsabilidade e falta de consciência dos condutores de motocicletas, que não respeitam a sinalização de trânsito; não utilizam o capacete; ultrapassam em locais indevidos e desrespeitam os limites de velocidade.

A tragédia no trânsito, que causa dor aos familiares e custos altos ao Sistema Único de Saúde (SUS), também são causados por outro motivo: a falta de habilitação de muitos motoristas, como se evidenciou nos dados do IJF (56% dos motociclistas atendidos afirmaram não ter habilitação). Para o porta-voz do Detran-CE, a realidade é triste em todo o Brasil e não só no Ceará. Para ele, os condutores não têm se preocupado com os riscos de conduzir motocicletas.

Segundo Paulo Ernesto, o Governo do Estado, junto com o Detran, tem buscado estimular esses condutores a regularizem sua situação e tirarem a carteira. O porta-voz do órgão citou, inclusive, que mais de 100 mil pessoas foram beneficiadas com carteira de habilitação popular, financiada, integralmente, pelo Estado e que permitiu a esses condutores tirarem a categoria A, especificada, justamente, para veículos sob duas rodas.

O Detran, de acordo com Paulo Ernesto, ainda faz campanhas de conscientização e fiscalização constantemente em todo o Ceará, além de realizar cursos com guardas municipais para formação de agentes de trânsito, autorizados a multar, após o curso de legislação.

Confira a entrevista completa com o porta-voz do Detran-CE, Paulo Ernesto, no anexo ao final desta publicação

O Bate Papo Político desta terça-feira também destacou:

- Chuvas no Ceará

O Bate Papo Político de hoje destacou as precipitações que atingiram o Ceará de ontem para hoje. Fortaleza, por exemplo, amanheceu com chuvas, após uma madrugada também bastante chuvosa. O jornalista Beto Almeida trouxe o relatório de chuvas diárias do Estado. Até o momento, 90 cidades do Ceará já registraram precipitações, com a maior chuva registrada em Ibaretama, com 122 milímetros, seguida de Cariré (104 mm) e Tianguá (103 mm).

Com as chuvas do mês de abril, já são 17 o número de açudes que estão com 100% de sua capacidade no Ceará. O Açude Castanhão, maior reservatório do Estado, também vem aumentando o seu volume de água. Enquanto que no início da quadra chuvosa, o açude acumulava 150 milhões de metros cúbicos (m³), hoje, o reservatório se encontra com 432 milhões de metros cúbicos, de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), o que representa 6,45% da capacidade do Castanhão. A tendência é que o açude continue aumentando de vazão, devido a cheia de um de seus principais afluentes, o Rio Salgado.

Apesar do aumento da vazão do Castanhão, uma audiência pública na Câmara Municipal de Nova Jaguaribara deixou um clima de indignação entre agricultores, comerciantes e políticos da região. A informação é que o Governo do Estado começou a fazer, novamente, a fazer o bombeamento das água do Castanhão para a região Metropolitana, por meio do Eixão das Chuvas. A revolta é que houve um descumprimento por parte do Estado, que assegurou que o bombeamento só voltaria a ser feito após o término da quadra chuvosa.

- Ciro quer esperar “consistência eleitoral” de Joaquim Barbosa

O jornalista Beto Almeida também comentou a declaração do pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), que afirmou que será preciso esperar a consistência do Joaquim Barbosa (PSB), após o ex-ministro do STF ser exposto à fricção.

Vale lembrar que o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal despontou na última pesquisa Datafolha, oscilando entre 8% e 10%, em todos os cenários. Ao lado de Ciro, Barbosa está empatado em terceiro lugar em cenários sem a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ciro diz que é natural que ele chegue com notoriedade muito grande, porque pilotou durante quase um ano, em tempo nobre da TV, a novela do mensalão. O pedetista afirma, porém, que o lugar ocupado por Barbosa já existia em cenários anteriores da corrida ao Planalto, referindo-se ao apresentador Luciano Huck, por exemplo.

Na avaliação de Ciro, a pesquisa Datafolha ainda não antecipou tendências, já que houve alteração no quadro de candidatos. Segundo ele, a indefinição ainda permanecerá, já que o PT insiste na candidatura de Lula.

Para Beto Almeida, Ciro tem razão quando disse que Joaquim Barbosa precisa mostrar que o resultado das pesquisas tem sustentabilidade eleitoral. A alta quantidade de intenções de voto ligadas ao nome do ex-ministro do STF surpreendeu Beto, já que Barbosa nem se colocou, oficialmente, como pré-candidato ao Planalto, diferentemente do apresentador Luciano Huck, que afirmou que pretendia se candidatar à Presidência.

A pesquisa, para o jornalista Beto Almeida, mostrou a força eleitoral de Joaquim Barbosa, tanto que, em apenas dez dias após se filiar ao PSB, o nome do ex-ministro do STF é visto como consenso dentro do partido para a disputa das eleições. Beto comentou sobre a possibilidade da união entre PSB e PSDB, partido que lançou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como pré-candidato à Presidência. Alckmin sonha com uma aliança, tendo Barbosa como seu vice, o que, para Beto, é bem difícil, pois o ex-ministro não deve aceitar a ideia de ser apenas vice.

- 57% dos brasileiros apoia prisão após segunda instância

Uma pesquisa do Instituto Datafolha mostrou que a 57% dos brasileiros apoia que réus condenados após a segunda instância sejam presos. A sondagem, feita pelo Instituto entre os dias 11 e 13 de abril, mostra que os brasileiros consideram justo que um acusado seja detido após ter sua condenação confirmada em segundo grau, ainda que possa recorrer a instâncias superiores. Para o jornalista Beto Almeida, a pesquisa mostra que o povo brasileiro não é besta e entende que a justiça precisa ser feita.

- Senadores visitam sede da PF

Um grupo de senadores vai fazer inspeção, nesta terça-feira, na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde o ex-presidente Lula cumpre pena de prisão desde o último dia 7 de abril. A autorização foi dada pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal, em despacho publicado nessa segunda-feira. Na semana passada, a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado aprovou a diligência, com o objetivo de “verificar as condições de encarceramento” do ex-presidente e de outras pessoas presas no local.

Dentre os parlamentares, estão a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), além dos senadores Lindbergh Farias (PT-AM), José Pimentel (PT-CE), entre outros. Segundo o grupo, eles vão arcar com as despesas da viagem até Curitiba. Para Beto, a maioria dos parlamentares vão a sede da Polícia da Federal para “fazer política”.

Gostou do Bate Papo Político de hoje? Então clica no anexo abaixo e ouça as análises na íntegra!

Lido 146 vezes Última modificação em Terça, 17 Abril 2018 09:45