MAIS LIDAS AGORA:
Terça, 17 Abril 2018 09:27

Crato concorre a premiação Nacional do Laboratório de Inovação em Educação na Saúde do Ministério da Saúde

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

A Secretaria de Saúde do Crato, juntamente com a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e a Universidade Regional do Cariri (URCA), foi selecionada e está participando do processo de seleção para o Laboratório de Inovação em Educação na Saúde, idealizado pelo o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (DEGES/SGTES), e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

Esse projeto tem como objetivo conhecer as inovações e as experiências exitosas que potencializam a formação e a qualificação dos trabalhadores e profissionais de saúde, melhorando o processo de trabalho em saúde no SUS. Estão concorrendo a essa premiação diversos estados brasileiros, do Ceará foram selecionados dois projetos, um de Fortaleza, da Secretaria de Saúde do Estado, e o outro foi o do município do Crato.

De acordo com a Gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica e Imunização da Secretaria Municipal de Saúde e Coordenadora do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) GraduaSUS, Daniele Norões, o Crato enviou um projeto, cuja temática é a implantação dos Conselhos Locais de Saúde no município, que foi selecionado, e em seguida defendido pela enfermeira Duciele Pinheiro para uma banca de doutores em saúde, em Brasília. “As inscrições foram analisadas por uma Comissão de Avaliação integrada por representantes da OPAS, do Ministério da Saúde e convidados. As práticas selecionadas para compor o Laboratório de Inovação serão sistematizadas pela equipe que conhecerá os resultados do projeto in loco, assim como todos os envolvidos”, informou Danielle.

Essa equipe de técnicos que virá ao Crato, nos próximos dias 23 e 24 de abril, onde poderão ver de perto as práticas implantadas pelo PET-Saúde GraduaSUS, desenvolvido por docentes que são preceptores do PET, bem como coordenadores, tutores e alunos da URCA e UFCA que compõe os cursos de Enfermagem, Educação Física e Medicina, bem como de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde.

É importante ressaltar que o Ministério da Saúde e a OPAS entregarão um certificado de reconhecimento dos projetos em cerimônia pública, a ser realizada no encerramento da iniciativa. As experiências também serão sistematizadas e publicadas na Série Técnica NavegadorSUS, além de serem divulgadas pelos veículos de comunicação do Governo, da Portal da Inovação na Gestão do SUS (www.apsredes.org) e de parceiros.

Para saber mais:

O Programa de Educação para o Trabalho em Saúde GRADUA SUS (PET Saúde GraduaSUS) tem como objetivo a mudança da graduação, através da inserção acadêmica oportunizando a vivência no contexto social. Busca preparar o acadêmico de diferentes campos para ingressar como profissional no Sistema Único de Saúde (SUS), ao finalizar sua graduação. Esta inserção viabiliza um aprendizado em ato, ou seja, vivenciar a realidade em que se encontra a população no contexto comunitário integrada aos serviços oferecidos pela rede de saúde do local. Viabiliza, ainda, um trabalho e um aprendizado multidisciplinar, tendo em vista a valorização e importância do SUS em suas trajetórias, enquanto profissionais da saúde.

 

Com informação da A.I

 

Lido 163 vezes