MAIS LIDAS AGORA:
Redação

Redação

O senador Tasso Jereissati (PSDB) irá apresentar oficialmente na próxima segunda-feira, 21, o General Theophilo como representante dos tucanos na disputa ao Executivo estadual. Até agora, o militar é o principal nome na oposição ao governador Camilo Santana (PT), que irá tentar a reeleição.

“Estive reunido ontem com o Senador Tasso Jereissati. Tomei a decisão de entrar na política porque acredito na democracia, que é possível mudar o Ceará a partir da aliança das pessoas de bem, em um movimento renovador, fazendo que o Estado e os políticos voltem a cumprir seu propósito maior que é o de servir às pessoas e não a si mesmos”, comunicou o general no Facebook.

Theophilo tem passagem por setores estratégicos para a segurança nacional. Ele também tem experiência no combate ao tráfico de armas e drogas e controle das fronteiras. Até março, comandante de logística do Exército, o general possui histórico com as Forças Armadas que vai muito além dos 45 anos de serviço. Filho do general de brigada Manoel Theophilo Gaspar de Oliveira Neto, o pré-candidato pertence a uma das mais tradicionais famílias do Exército, com atuação desde o Império.

Com informações Eliomar de Lima

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) confirmou que foram abertas 115.898 vagas de emprego com carteira assinada em abril, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Foi o quarto mês de aumento consecutivo no número de vagas de emprego formal. Esse é o melhor resultado para abril desde 2013, quando foram criadas 196.913 vagas. No quarto mês de 2018, foram registradas 1.305.225 admissões e 1.189.327 demissões.

O dado do Caged foi utilizado mais cedo pelo presidente Michel Temer para reforçar o seu discurso de que o país deixou a recessão. Ele discursou para uma plateia de empresários em evento sobre o futuro da indústria, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo. "Hoje, me informam que, em abril, tivemos a criação de 115 mil postos de trabalho", disse.
Conforme o ministério do Trabalho, o desempenho em abril foi melhor do que as contratações líquidas registradas em março (67.248), fevereiro (68.979 vagas) e janeiro (84.730 vagas), já considerando o ajuste nos resultados desses meses -- inclui as informações passadas pelos empregadores ao ministério fora do prazo. Em abril de 2017, houve a abertura de 59.856 postos de trabalho.
No acumulado do ano, foram gerados 336.855 postos de trabalho com carteira assinada.

Por setor

O setor de serviços foi o que mais abriu vagas de trabalho no mês passado, com 64,2 mil novos postos de trabalho em abril, segundo o Ministério do Trabalho. A indústria de transformação vem em seguida, com 24,1 mil empregos líquidos gerados no mesmo período. Já a construção civil criou 14,4 mil empregos, enquanto o comércio e a agropecuária geraram 9,3 mil e 1,6 mil novos postos, respectivamente.

Por região

Na separação por região, 78,1 mil novos postos foram criados no Sudeste. O Centro-Oeste, por sua vez, registrou a geração de 15,8 mil novos postos de trabalho. Em terceiro vem a região Sul, com 13,3 mil postos, seguida pelo Nordeste (4,4 mil) e o Norte (4,3 mil).

O ministério também informou que "na modalidade de trabalho intermitente, ocorreram 4.523 admissões e 922 desligamentos, gerando saldo de 3.601 empregos, envolvendo 1.166 estabelecimentos, em um universo de 1.013 empresas".

 

Com informações Valor Econômico

 

A Saúde de Iguatu bateu um importante recorde em 2018. O índice de mortalidade infantil nos quatro primeiros meses deste ano foi de 8 para cada mil nascidos vivos, o menor da história da Cidade. No mesmo período, em 2017, muitas crianças morreram porque a atual gestão recebeu cerca de 900 gestantes sem cobertura de exames e consultas e, na época, o HRI não tinha condições estruturais para atender os recém-nascidos como devia.
 
De acordo com o secretário da Saúde, Dr. Marcelo Sobreira, os números comprovam que houve mais nascimentos nos quatro primeiros meses de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado e, no entanto, o número de óbitos foi reduzido de forma substancial e satisfatória. “Mostramos que é possível sim fazer saúde com qualidade”, destacou o secretário.
 
A taxa de 8 óbitos para cada mil nascidos vivos está dentro do padrão indicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de até 10 óbitos por mil nascidos vivos. “A redução da mortalidade infantil ainda é um desafio constante para muitos municípios, mas conseguimos alcançar uma taxa positiva e agora precisamos dar continuidade a esse trabalho”, disse Dr. Marcelo.
 
Ainda de acordo com Sobreira, as principais causas da redução da mortalidade infantil se devem aos cuidados com os exames em dia das gestantes. Estas passaram a contar com um Centro de Parto Normal de qualidade, berçário com médica especialista 24 horas, aquisição de equipamentos especializados para transporte, melhor acompanhamento das gestantes pelas Agentes Comunitárias de Saúde e um atendimento mais humanizado. “Temos também o grande apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) na transferência de recém-nascidos, ou seja, um conjunto de ações que tornou possível fazer saúde com mais eficiência em Iguatu”, complementou o secretário Marcelo.
 
Para entender melhor:
 
Neste ano, totalizaram 04, o número de óbitos dividido por 334 nascidos vivos, multiplicado por 1.000. Em comparação a março de 2017, foram 12 óbitos divididos por 317 nascidos vivos, multiplicado por 1.000.

Uma área de 24,8 mil metros quadrados no município de Jijoca de Jericoacoara, no litoral oeste do Ceará, foi declarada de utilidade pública, pelo Governo do Estado, para fins de desapropriação. No local vai ser construído estacionamento para os turistas que visitam o Parque Nacional de Jericoacoara. A autorização para a desapropriação foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (D.O.U), desta sexta-feira (18).

De acordo com o decreto, a desapropriação inclui tudo que está no perímetro da área estabelecida: seus imóveis, benfeitorias e outros acessórios. A construção do equipamento, segundo a justificativa, faz parte do Programa de valorização da infraestrutura turística do Litoral Oeste, visando a consolidação do Estado do Ceará como destino turístico e, entre as obras previstas, está a construção do estacionamento na localidade de Lagoa Grande.

Além disso, diz o decreto, o equipamento permitirá, aos visitantes do Parque Nacional de Jericoacoara, “a disponibilidade de espaço para estacionarem os seus veículos automotores com a segurança e conforto devidos, bem como facilitará o controle de acesso daqueles ao mencionado Parque, ampliando a demanda por esse destino sem comprometer a sua preservação”.

O decreto do Executivo determina, ainda, que caberá à Procuradoria-Geral do Estado, por meio da Comissão Central de Desapropriações e Perícias da Procuradoria do Patrimônio e do Meio Ambiente, proceder, por via administrativa ou judicial, à desapropriação prevista neste decreto. As despesas decorrentes do processo de desapropriação correrão à conta do Tesouro do Estado.

 

Com informações G1

ma área de 24,8 mil metros quadrados no município de Jijoca de Jericoacoara, no litoral oeste do Ceará, foi declarada de utilidade pública, pelo Governo do Estado, para fins de desapropriação. No local vai ser construído estacionamento para os turistas que visitam o Parque Nacional de Jericoacoara. A autorização para a desapropriação foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (D.O.U), desta sexta-feira (18).

De acordo com o decreto, a desapropriação inclui tudo que está no perímetro da área estabelecida: seus imóveis, benfeitorias e outros acessórios. A construção do equipamento, segundo a justificativa, faz parte do Programa de valorização da infraestrutura turística do Litoral Oeste, visando a consolidação do Estado do Ceará como destino turístico e, entre as obras previstas, está a construção do estacionamento na localidade de Lagoa Grande.

Além disso, diz o decreto, o equipamento permitirá, aos visitantes do Parque Nacional de Jericoacoara, “a disponibilidade de espaço para estacionarem os seus veículos automotores com a segurança e conforto devidos, bem como facilitará o controle de acesso daqueles ao mencionado Parque, ampliando a demanda por esse destino sem comprometer a sua preservação”.

O decreto do Executivo determina, ainda, que caberá à Procuradoria-Geral do Estado, por meio da Comissão Central de Desapropriações e Perícias da Procuradoria do Patrimônio e do Meio Ambiente, proceder, por via administrativa ou judicial, à desapropriação prevista neste decreto. As despesas decorrentes do processo de desapropriação correrão à conta do Tesouro do Estado.

Um homem foi assassinado no fim da manhã deste sábado (19), na Praia do Futuro, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Civil, homens armados chegaram a pé na Barraca Sunrise Beach Club e atiraram diversas vezes contra Rodrigo Lopes da Silva, de 29 anos, que trabalhava como segurança na barraca.

Uma equipe de Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi chamada mas Rodrigo Lopes da Silva já estava morto. A Polícia Civil dará andamento aos trabalhos de investigação para elucidar o caso e prender os autores do homicídio. A barraca foi fechada após o crime.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, para o (85) 3257.8807, da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa, ou ainda para o número (85) 99111.7498, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

Com informações G1

 

Com informações G1

m homem foi assassinado no fim da manhã deste sábado (19), na Praia do Futuro, em Fortaleza. De acordo com informações da Polícia Civil, homens armados chegaram a pé na Barraca Sunrise Beach Club e atiraram diversas vezes contra Rodrigo Lopes da Silva, de 29 anos, que trabalhava como segurança na barraca.

Uma equipe de Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi chamada mas Rodrigo Lopes da Silva já estava morto. A Polícia Civil dará andamento aos trabalhos de investigação para elucidar o caso e prender os autores do homicídio. A barraca foi fechada após o crime.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública, para o (85) 3257.8807, da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa, ou ainda para o número (85) 99111.7498, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

A Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa promove, nesta segunda-feira (21/05), a partir das 9h, audiência pública sobre a atual situação da Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza.

O debate ocorre no Complexo de Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa e atende a requerimento da Comissão de Saúde e Seguridade Social da Câmara Municipal de Fortaleza, com subscrição dos deputados Heitor Férrer (SD) e Fernanda Pessoa (PSDB).

A audiência pública conjunta entre as duas comissões vai discutir a liberação das cotas de cirurgias e demais demandas ligadas à assistência médica do equipamento de saúde pública. O evento também busca oferecer sugestões e encaminhamentos com a finalidade de suprir as necessidades do setor.

Com informações Assembleia Legislativa do Ceará

 

 

A primeira de duas etapas das obras de requalificação da Avenida Perimetral, em Sobral, foi inaugurada neste sábado,19, pelo governador Camilo Santana. A solenidade foi realizada na praça da Coluna da Hora, no Centro. Na ocasião, o chefe do Executivo também assinou Ordem de Serviço que autoriza as obras da segunda etapa da via, a implantação de uma Praça Mais Infância, uma delegacia da Polícia Civil e de um Centro de Tratamento de Resíduos, além de diversas obras de urbanização, abastecimento e saneamento espalhadas pelo município.

Camilo Santana afirmou que a primeira etapa do anel viário do município de Sobral é uma das intervenções mais importantes para o município. “Essa obra vai desafogar o trânsito, garantindo um bom deslocamento para o futuro aeroporto de Sobral e para o aterro sanitário. É uma obra importante para a mobilidade urbana”, destacou. A implantação de uma areninha e a duplicação da avenida Senador Ermírio de Moraes, obra com investimento da ordem de R$ 9 milhões, também foram garantidas pelo governador.

O percurso da avenida na primeira etapa inicia na intersecção com a CE-440, que dá acesso aos municípios de Meruoca e Alcântaras, e finaliza na BR-222, após acesso ao distrito sobralense de Jordão. O trecho finalizado tem extensão de cerca de 6,62 quilômetros e, no projeto, está incluído serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica, faixas de circulação, acostamento, sinalização e construção de ponte sobre o riacho Boqueirão, além de cercamento. As obras fazem parte do Programa Cidades do Ceará – Vale do Jaguaribe e Vale do Acaraú, da Secretaria das Cidades.

O investimento total das intervenções é da ordem de R$ 34,3 milhões. Destes, R$ 12,6 milhões correspondem ao primeiro trecho. O financiamento foi acordado entre o Governo do Ceará, pelo Tesouro Estadual, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Também presente na cerimônia, o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, garantiu a liberação de mais de R$ 50 milhões para outros investimentos no município.

Conforme antecipou com o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, outras obras em parceria com o Governo do Ceará estão em andamento para o município. Dentre elas, ampliação da rede de esgoto e do sistema de saneamento da cidade, principalmente de bairros mais afastados. “Isso vai evitar cheias em pontos importantes de Sobral”, disse. “Além disso, cerca de 400 banheiros serão implantados no distrito de Taperuá, que é o mais distante do município”, antecipou. O prefeito também parabenizou a rede municipal de educação pela conquista no Prêmio Escola Nota 10. “Das 332 escolas que foram destaques, 38 foram de Sobral. Nunca, em dez anos, Sobral tinha sido tão premiada”, comemorou.

Segunda Etapa

Após início das atividades no local, a previsão é de que o projeto seja concluído em até 360 dias. Quando finalizado, o trecho integrará sete rodovias radiais de Sobral – podendo atender à demanda do futuro aeroporto regional. “É uma obra que ultrapassa Sobral, uma obra estruturante, que liga sete rodovias. Vai beneficiar não só a população, como também indústrias, além de melhorar o fluxo para o acesso do hospital”, pontuou o secretário da Infraestrutura, Lúcio Gomes.

A segunda parte do projeto tem extensão de 11,3 km da Avenida Perimetral compreende trecho entre CE-178 (Sobral-Santana do Acaraú) e a CE-440 (Sobral-Meruoca), incluindo nova ponte sobre o Rio Acaraú. As obras integram o Programa Ceará de Ponta a Ponta, com custo de R$ 21,7 milhões, também financiadas pelo BID e com contrapartida do Tesouro Estadual.

Com informações Governo do Estado do Ceará

Ao negar o último apelo do ex-ministro José Dirceu contra condenação a 30 anos e 9 meses na Operação Lava Jato, desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região mantiveram a possibilidade de progressão do regime fechado condicionada à reparação do dano causado aos cofres da Petrobras. O petista foi sentenciado por supostas propinas de R$ 15 milhões.
Imóveis e valores avaliados inicialmente em R$ 11 milhões já foram bloqueados em primeira instância. De acordo com a sentença de Moro, os valores vão se reverter em favor da Petrobras.

O ex-ministro José Dirceu se entregou à Operação Lava Jato, na tarde desta sexta-feira (18). Por volta das 14h, o petista fez exames de praxe no Instituto Médico-Legal (IML), em Brasília.

O petista vai começar a cumprir a pena de 30 anos, nove meses e dez dias por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa por envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.

A denúncia acusou Dirceu de receber parte das propinas da empreiteira Engevix à Diretoria de Serviços da Petrobras entre 2005 e 2014. O ex-ministro teria lavado R$ 10,2 milhões, rastreados pelas investigações. No entanto, foi condenado em primeira instância sob a acusação de receber R$ 15 milhões em propinas.

Quando confirmou a condenação de Dirceu, em setembro de 2017, o TRF-4 determinou que fique 'mantida a fixação do valor mínimo para a reparação do dano, no quantum estabelecido em sentença, sem acumulação com a decretação do perdimento, em favor da União do produto dos delitos'.

"Preservada a reparação do dano como condição para a progressão de regime aos réus condenados por corrupção ativa e passiva. Precedente do STF", diz o acórdão.

A decisão ainda prevê que sejam 'devidos juros de mora no valor mínimo para a reparação do dano a partir de cada evento danoso (Súmula 54 do STJ), na proporção da taxa que estiver em vigor para a mora do pagamento de impostos devidos à Fazenda Nacional, nos termos do art. 398 c/c art. 406 do Código Civil, a partir dos pagamentos efetuados pela vítima em favor das contratadas'.

A defesa do petista apontou, em seu último apelo contra a sentença, omissões a respeito da reparação do dano. No entanto, o TRF-4 não mudou seu posicionamento.

"Não se conhece da porção dos embargos infringentes e de nulidade que reclama o afastamento da reparação do dano como condição para a progressão de regime de cumprimento da pena, na forma do art. 33, ? 4º, do Código Penal, porque, no ponto, ausente a divergência entre julgadores", diz o acórdão, publicado nesta quinta, 17.

O quarto parágrafo do artigo 33 do código penal prevê que o 'condenado por crime contra a administração pública terá a progressão de regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que causou, ou à devolução do produto do ilícito praticado, com os acréscimos legais'.

Ao sentenciar Dirceu, o juiz federal Sérgio Moro ainda impôs 150 dias multa para os crimes decorrupção, 140 dias multa para lavagem de dinheiro e 150 dias multa para organização criminosa.

Com informações Estadão Conteúdo

Depois de três dias de debates sobre os caminhos para que o setor hoteleiro retome os trilhos do crescimento após três anos de perda de receitas, o 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel) foi encerrado nessa sexta-feira (18), com a análise de números que indicam um cenário pouco alentador para o segmento em curto prazo.

Chefe da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o economista Fábio Bentes afirmou que o segmento de serviços, em especial o turismo, ainda não conseguiu superar a crise econômica que teve início em 2014. Pelos cálculos de Bentes, após ter registrado uma queda de 6% da receita real no ano passado, o setor este ano deve enfrentar uma nova redução das receitas, da ordem de 4%.

“O que podemos constatar a partir do desempenho recente é que a crise ainda não acabou. Ainda existe muito terreno para ser recuperado após a fortíssima queda [da atividade] dos últimos anos”, declarou o economista. Segundo ele, entre 2015 e fevereiro de 2018, a perda de faturamento do turismo no Brasil chegou a R$ 157 bilhões.

Para Bentes, apesar da lenta retomada, o cenário para 2018 é um pouco menos desalentador que o de anos recentes. Pelos cálculos da entidade, “neste ritmo, o setor de turismo só vai conseguir ultrapassar a atual situação em 2020”.

Além de incertezas políticas e problemas econômicos, outro problema que ajuda a retardar a retomada do crescimento verificado até 2014 está o aumento da sensação de insegurança. Um recente estudo da CNC concluiu que só o Rio de Janeiro, no ano passado, perdeu R$ 1 bilhão com os impactos negativos da violência.

Após lembrar que o turismo responde por 8% do emprego formal no país, Bentes demonstrou que, entre 2015 e 2017, cerca de 7 mil estabelecimentos de hospedagem fecharam as portas em todo o país, encerrando milhares de postos de trabalho formal.

Não fosse pela recente crise, o setor de turismo só teria motivos para comemorar. Descontados os últimos resultados (2014-2017), o setor cresceu, em média, 22% ao longo de uma década (2006-2016), com destaque para as regiões Norte e Nordeste.

Já a chefe da Divisão de Inteligência Competitiva da Embratur, Angela Baltazar, procurou devolver o otimismo aos empresários que permaneciam no Centro de Eventos. Representante da autarquia federal responsável por promover os destinos turísticos nacionais, ela defendeu que a hotelaria tem muito potencial para continuar crescendo, já que a América Latina é “a bola da vez” e até mesmo a desvalorização do Real pode ser positiva para o turismo, já que torna o país mais barato e atraente para os turistas estrangeiros.

Com informações Agência Brasil

Após o término das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), às 23h59 de ontem (18), os estudantes têm até a próxima quarta-feira (23) para pagar a Guia de Recolhimento da União (GRU). Os alunos de escolas públicas são isentos do pagamento. Para os demais, o valor da taxa é de R$ 82 e pode ser pago em agências bancárias e dos Correios, internet banking e lotéricas.

No caso dos concluintes do 3º ano do ensino médio da rede pública, o sistema de inscrição dará a isenção automaticamente, mesmo que o candidato tenha se esquecido de solicitá-la antes.

Até as 23h, mais de 6 milhões de candidatos estavam inscritos para a prova do Enem. O balanço final é aguardado para qualquer momento.

O Enem, além de avaliar o desempenho dos estudantes de escolas públicas e particulares do ensino médio, é uma ferramenta que ajuda na seleção de candidatos a ingressar no ensino superior e a ter acesso a programas do governo federal como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

Página 1 de 117