Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fortaleza registrou 1.672 casos de tuberculose no ano de 2018, a segunda maior incidência da doença no Estado, com 65,5 casos por 100 mil habitantes ficando atrás apenas de Sobral, cuja incidência foi de 76,5 (155 casos), segundo boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará nessa quinta-feira.

Outros municípios que aparecem com índices altos da doença são Caucaia, com 59,6 (210 casos) e Juazeiro do Norte, com 47,2 (110 casos). Em todo o Ceará foram contabilizados 3.814 novos casos da doença no ano passado, maior número dos últimos 10 anos no Estado. De 2008 a 2018, foram registrados 2.333 óbitos por tuberculose, média de 212 por ano. Em 2008, ocorreram 240 óbitos com uma taxa de mortalidade de 2,8 por 100 mil habitantes, e no ano de 2018 dados parciais apresentam 222 óbitos com taxa de 2,4 por 100 mil habitantes.