Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador do Ceará, Camilo Santana, em pronunciamento em suas redes sociais nesta quinta-feira (9),  fez um apelo aos cearenses para que não viajem para cidades do interior do estado durante o feriado da Semana Santa, por conta do novo coronavírus (Covid-19). Camilo lembrou que as pessoas podem celebrar a data por meio de veículos de comunicação.

“Diante da gravidade do coronavírus, evite viajar nesta Semana Santa. Orações e celebrações serão transmitidas pela TV, Rádio e internet, conforme anunciou o Arcebispo Dom José Antônio. Fique em casa. É muito importante neste momento”, afirmou o governador.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, também reforçou a importância do isolamento social durante a Semana Santa.

“A Semana é Santa, mas a vida e a nossa saúde são sagradas. O coronavírus está em alta dispersão. Mais de 80 bairros da Cidade já têm casos confirmados. Nosso objetivo é segurar o ritmo de transmissão da doença”, disse Roberto Cláudio.

A iniciativa, segundo o prefeito, pressupõe a permanência das pessoas em suas residências, exceto diante de necessidades primordiais.

“Qualquer mobilidade entre bairros e, principalmente, entre cidades pode acelerar a curva de transmissão. Nós queremos evitar casos de contaminação simultânea”, alertou.

Confira as cidades que apresentaram manifestações da Covid-19:

Aquiraz (28), Maracanaú (17), Caucaia (17), Sobral (14), Horizonte (6), Quixadá (6), Eusébio (3), Icó (3), Itaitinga (3), Jaguaribe (3), Juazeiro do Norte (3), Aracati (2), Cariús (2), Ipueiras (2), Maranguape (2), Novo Oriente (2), Pacatuba (2), Santa Quitéria (2), Amontada (1), Beberibe (1), Canindé (1), Cascavel (1), Catarina (1), Crateús (1), Croatá (1), Farias Brito (1), Fortim (1), Guaraciaba do Norte (1), Ipaporanga (1), Itaiçaba (1), Itapipoca (1), Itapajé (1), Lavras da Mangabeira (1), Limoeiro do Norte (1), Mauriti (1), Mombaça (1), Pedra Branca (1), Pindoretama (1), Quixeramobim (1), Santana do Acaraú (1), Senador Pompeu (1) e Tianguá (1).

A plataforma IntegraSUS ainda registra outros 14 casos confirmados sem informações sobre locais onde houve identificação da doença.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp