Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Porto do Pecém recebeu doze contêineres com 17,6 milhões de equipamentos de proteção individual, os chamados EPIs. O material será distribuído prioritariamente aos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate à pandemia de coronavírus.

Mesmo com a queda nos números de casos de Covid-19, que hoje chega a menos de uma pessoa contaminada por infectado, uma das menores taxas do Brasil, o secretário de Saúde, Dr. Cabeto, ressaltou a importância de manter os estoques do Estado preparados para a manutenção da luta contra a doença, assim como estar pronto no caso de uma segunda onda de contaminações.

“É muito importante compor todas as regiões de equipamentos para atendimento de doentes mais complexos e ainda, lançado recentemente pelo governador Camilo, as salas de estabilização que vão disponibilizar aos municípios menores a capacidade de atendimento dos pacientes no seu primeiro momento, e garantir que haja tempo hábil para transferência para as unidades mais adequadas”, declarou

Os equipamentos de segurança foram adquiridos por meio de importação direta, em negociações diretas entre o Governo do Estado e uma empresa chinesa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp