Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Programa “Justiça e Cidadania” do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) beneficiou, de fevereiro de 2015 a novembro de 2016, 4.465 estudantes. Com a finalidade de aproximar sociedade e Judiciário, atendeu a 92 instituições de ensino nesses dois últimos anos.

A iniciativa, além de promover visitas guiadas nas instalações do Palácio da Justiça, sede do TJCE, também leva magistrados às escolas para ministrar palestras sobre temas relacionados ao Judiciário. Ao todo, 1.849 alunos já participaram dessa atividade.

O roteiro de visitação passa pelo Memorial; Biblioteca; Sessões de Direito Público, Direito Privado ou de Câmara Criminal; e Tribunal Pleno ou Órgão Especial. Eles também assistem a vídeo institucional, participam de sorteios e recebem a cartilha “Conhecendo o Judiciário”. Todo o percurso é acompanhado pela equipe da Assessoria de Cerimonial, unidade responsável pela execução do programa.

A servidora Yara Barbosa explica que o principal objetivo do programa é estabelecer um canal de comunicação entre o Judiciário e a sociedade. “É muito importante essa iniciativa, pois há uma interação dos estudantes com o Tribunal. Eles conhecem as dependências do TJ, a história, as ações, despertando neles objetivos maiores. Eles saem daqui bastante incentivados e abrindo novos horizontes para uma vida melhor”, resume.

Os professores que acompanham os estudantes consideram positivo o programa. “Muitos estavam até faltando a escola. Mas na hora que a gente falou dessa aula de campo fizeram questão de vir. Ficaram encantados com tudo, e eu, mais ainda. Além de conhecerem como é a atuação da Justiça para resolver tantos problemas da população, eles puderam se imaginar trabalhando aqui no futuro”, afirma a coordenadora do Pró-Técnico – Polo Luciano Cavalcante, Divane Freitas.

Para o estudante Markson Renato de Sousa Oliveira, de 17 anos, conhecer o Tribunal de Justiça foi engrandecedor. Ele não imaginava que encontraria tantas informações históricas e curiosidades ao visitar o Memorial do Poder Judiciário, por exemplo. “Vimos até a cama de Clóvis Beviláqua. Gostei demais. Achei interessante porque aprendi muita coisa.”

Já a aluna Desliane da Silva Bezerra, de 14 anos, ficou surpresa ao descobrir que o TJCE é presidido por uma mulher, a desembargadora Iracema Vale. “É tão bom saber que existe uma mulher em uma posição de tamanha importância na sociedade! Essa visita me fez aprender muitas coisas. Também percebi que as pessoas são muito receptivas”, disse.

O Justiça e Cidadania foi instituído por meio da Resolução do Órgão Especial nº 5/2011 para atender a determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estabelece “a implantação de pelo menos um programa de esclarecimento ao público sobre as funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário, em escolas ou quaisquer espaços públicos.”

SERVIÇO
Para agendar visitas no Tribunal de Justiça do Ceará:
Telefone: (85) 3207.7052
Horário das visitas: 9h às 18h
Segunda a sexta-feira

Com informação da A.I