Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Ceará teve um crescimento da 2,4% no setor industrial, quando analisado o resultado acumulado de 2017, frente ao período janeiro/novembro de 2016. Com o resultado o estado ficou n nono lugar entre as capitais brasileiras. A nível nacional, o crescimento foi de 2,3%, que reflete avanço nos parques fabris de 12 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE.

O destaque é a expansão de 10,5% no Pará, impulsionada pela extração de minério de ferro. Também houve avanços acima da média nacional no Paraná (4,8%), Goiás (4,6%), Mato Grosso (4,5%), Santa Catarina (4,5%), Rio de Janeiro (3,9%), Amazonas (3,2%) e São Paulo (3%).

Nesses locais, segundo o IBGE, o maior dinamismo foi particularmente influenciado pela expansão na fabricação de bens de capital; de bens intermediários; de bens de consumo duráveis; e de bens de consumo semi e não duráveis.