Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um total de 103 participantes votaram na enquete do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Os usuários foram questionados acerca de uma proposta legislativa feita por um cidadão do Rio Grande do Sul que sugere que assédio sexual dentro de coletivos seja tipificado como crime de estupro.

A maioria dos participantes, 62% acreditam que é necessário especificar que essas atitudes são delituosas. Outros 36% afirmam não considerar crime, mas que deveria haver punição mais rigorosa para essas práticas. Já 2% não opinaram sobre o assunto.

Recentemente, notícias acerca de assédio sexual dentro de transporte coletivo têm sido constantes, principalmente contra mulheres. Por isso, um cidadão do Rio Grande do Sul propôs no site do Senado que o ato seja tipificado como crime de estupro.

O TJCE, juntamente com demais órgãos do Estado, lança ainda este mês uma campanha contra o abuso sexual nos coletivos. Estão sendo elaborados folders e cartazes que serão amplamente divulgados nos terminais de ônibus da Capital. Além de material impresso, a campanha terá ampla divulgação em eventos, sites, programas de TV e rádio, jornais e redes sociais dos órgãos envolvidos.

Com informações do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará