Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Reeleito governador no último dia 7 de outubro com 79,96% dos votos válidos, maior percentual dentre todos os chefes dos Executivos estaduais eleitos em primeiro turno no Brasil, Camilo Santana (PT) vai reunir prefeitos, ex-prefeitos, deputados, vereadores, representantes de movimentos sociais, além de outras lideranças políticas na noite desta segunda-feira, 15, a partir das 19 horas, no Marina Park Hotel, em Fortaleza.

O objetivo do encontro é agradecer aos aliados pela reeleição conquistada. Porém, Camilo deve fazer um apelo para que seus apoiadores organizem a campanha presidencial de segundo turno favorável a Fernando Haddad (PT). O assunto foi destaque no Bate Papo Político da edição desta segunda-feira, 15, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior).

Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida destacaram que o senador eleitor Cid Gomes, do PDT, confirmou a Camilo que estará presente no encontro desta segunda. Para Beto, isso não quer dizer, no entanto, que Cid fará campanha para Haddad no Ceará. “Uma coisa é estar presente, outra coisa é se mobilizar”, comentou o jornalista.

Beto ainda lembra que as articulações de Camilo são para que Haddad consiga ampliar sua vantagem sobre Jair Bolsonaro, presidenciável do PSL, no Estado. Vale lembrar que Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência que ficou em terceiro no primeiro turno das eleições, com 12,48% dos votos válidos, venceu Haddad e Bolsonaro no Ceará, tendo recebido 40,95% dos votos válidos no Estado. Para Beto, o potencial de transferência de votos de Ciro para Haddad, mesmo após o PDT ter anunciado apoio crítico ao candidato do PT, será tratado no encontro da noite de hoje.

O jornalista Luzenor de Oliveira destacou que o presidente estadual do PDT, André Figueiredo, reeleito deputado federal neste ano, já confirmou que não irá ao encontro desta segunda-feira. Figueiredo, explica Luzenor, ainda faz críticas ao modo como o PDT foi tratado pelo PT e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no início da corrida presidencial. Na ocasião, o PT e Lula trabalharam para que Ciro ficasse isolado na disputa presidencial.

Abaixo os outros destaques do Bate Papo Político de hoje:

– Bolsonaro abre 18 pontos para Haddad

Pesquisa FSB/BTG Pactual divulgada na manhã desta segunda mostra que a diferença entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), quando considerados apenas os votos válidos, é de 18 pontos percentuais, a 13 dias do segundo turno.

Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida analisaram os dados. Para Beto, há três que devem ser considerados na pesquisa: a larga vantagem de Bolsonaro sobre Haddad, a convicção cada vez maior de votos dos eleitores bolsonaristas e o crescimento de Bolsonaro entre as mulheres.

O jornalista Luzenor de Oliveira ressaltou que Bolsonaro vence Haddad nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte, perdendo para o petista apenas na região Nordeste. Para Beto, a maior preocupação de Haddad é que ele perde para Bolsonaro no Sudeste, região que concentra o maior percentual de eleitores. O jornalista ainda disse que o índice de rejeição – Haddad tem 53%, enquanto Bolsonaro tem 38% – é outra problema que Haddad terá que superar se quiser ser eleito presidente no próximo dia 28.

Leia mais sobre o assunto na coluna do jornalista Luzenor de Oliveira:
+ Pesquisa FSB/BTG Pactual aponta Bolsonaro com 51%, e Haddad, 35%

– Quitação eleitoral

Os eleitores que desejam emitir certidão de quitação eleitoral podem relizar o serviço no site do Tribunal Superior Eleitoral a partir desta segunda-feira, 15. O certificado é gratuito e é um documento importante que comprova que o eleitor está em dia com a Justiça Eleitoral, e é exigido na hora de tirar o passaporte ou para assumir cargos públicos.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Wellington Lima, tem mais informações:

WELLINGTON LIMA – CERTIDÃO DE QUITAÇÃO ELEITORAL

– STJ barra pagamento a advogados com dinheiro do Fundef

Prefeitos do Ceará que conseguiram na Justiça recuperar o dinheiro do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação Básica (Fundef) que o Governo Federal deixou de repassar aos Municípios nos anos 90 se articulam, a partir desta segunda-feira, para saber como serão remunerados os advogados responsáveis pelas ações judiciais que garantiram essas verbas da União.

O impasse ganhou dimensão nacional com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que, na última quarta-feira, determinou que os municípios estão impedidos de remunerar os advogados com o dinheiro destinado à educação. Os ministros da Primeira Turma do STJ decidiram, por 7 votos a 1, o entendimento de que os advogados terão de procurar outras formas de serem remunerados em ações que envolverem a verba, que deve apenas ser destinada à educação básica, segundo a Constituição Federal.

Saiba mais:
+ Municípios do Ceará: STJ barra pagamento a advogados com dinheiro do Fundef

Confira no player abaixo o Bate Papo Político na íntegra! Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida ainda comentaram sobre mais um acidente fatal na avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza!

BATE PAPO 15.10.2018

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp