Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após seis dias de ter supostamente assassinado um ex-servidor da Prefeitura, o prefeito de Santan do Acaraú, Marcelo Arcanjo, se entregou à Polícia Civil nesta terça (4). O acusado já prestou depoimento e está encarcerado. Apesar de ter se livrado de uma prisão em flagrante, a Justiça havia determinando a prisão preventiva do prefeito.

O Caso

O crime ocorreu na última quarta-feira (29), no bairro Retiro. Por volta das 18h30, Marcelo Arcanjo teria entrado na casa de Augusto César do Nascimento, conhecido como ‘César da Regina’e disparado várias vezes contra a vítima. Após a execução, o prefeito fugiu.

Augusto trabalhou como motorista da Secretaria Municipal de Ação Social do município e, conforme a Polícia, foi exonerado do cargo há cerca de seis meses. Raimundo Marcelo Arcanjo tem 60 anos, é policial federal aposentado e foi eleito em 2016, pelo MDB.