Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O mês de Agosto traz consigo a campanha “Agosto Lilás”, um movimento muito importante de conscientização no combate a violência doméstica contra a mulher. A advogada Ana Zélia Cavalcante deu destaque a essa campanha em sua participação dentro do Jornal Alerta Geral nesta quinta-feira (06).

Ana Zélia pontua inicialmente que as agressões não ocorrem somente em relações de afeto, tampouco apenas em relações atuais, mas podem ser praticadas por ex-cônjuges e além disso também pode ocorrer dentro das relações familiares, não necessariamente acontecendo em decorrência de relações amorosas.

“A violência doméstica também é realizada geralmente de maneira conjunta e escalonada, ou seja, a violência doméstica não se dá somente de uma maneira. Ela pode se dar de maneira de violência moral, psicológica, financeira, sexual, física, podendo culminar na morte da vítima e também evolui a violência doméstica para a forma virtual, através de perseguições em redes sociais”, diz Ana.

Por fim, destaca que a violência não se dá apenas na forma física, de maneira evidente, mas também a violência não evidente, que acontece de forma a causar sequelas interiores naquela vítima, precisa de maior atenção e seriedade no combate à sua ocorrência.”A nossa forma de combate a violência doméstica é através da conscientização e da proliferação de informações a população”, finaliza a advogada.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp