Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Dando continuidade ao assunto que aborda a convivência entre pais divorciados e filhos durante a pandemia, a advogada Ana Zélia comenta nesta quinta-feira (16) no Jornal Alerta Geral sobre os prejuízos da alienação parental e como combate-la.

De acordo com a advogada, para que a alienação parental seja combatida, é essencial que exista, primeiramente, a conscientização de ambos genitores e também de suas famílias sobre o valor que cada parte tem na construção da história do menor.

A importância do estabelecimento de uma relação saudável entre os pais do menor é ressaltada pela advogada, principalmente diante de um cenário de pandemia que tem impactos emocionais. Ana Zélia alerta que o isolamento social já representa um grande sofrimento para a criança. “Não queira ver seu filho sofrendo em demasia por ser vítima de alienação parental”, recomenda a advogada.

“Tentar desfazer esses laços, seja por motivo de vingança, seja por motivo de alguma desavença pessoal ou de alguma questão mal resolvida entre o antigo casal, trará prejuízos inimagináveis àquela criança, àquele adolescente que vão lhe acompanhar por toda vida” salienta Ana Zélia.

Confira na íntegra o comentário da advogada Ana Zélia Cavalcante:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp