Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em 2016, as distribuidoras de energia apresentaram o melhor resultado de distribuição de energia elétrica desde 2008. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a duração das interrupções de energia caiu aproximadamente 15% em 2016, na comparação com 2015.

O tempo médio de falta de energia no ano caiu de 18,60 horas para 15,82 horas, o que representa uma estabilidade do sistema de distribuição de energia elétrica do País de 99,82%.

A Aneel explica que o avanço é resultado de ações como as novas regras de qualidade nos contratos de concessão, a adoção de planos de resultados para as distribuidoras que apresentavam pior desempenho e a compensação financeira ao consumidor.

A melhoria do serviço prestado ainda possibilitou a decréscimo no valor de compensações pagas ao consumidor, que caiu de R$ 656,89 milhões, em 2015, para R$ 568,33 milhões em 2016.

Segundo a Aneel, A recuperação das distribuidoras com número de unidades consumidoras acima de 400 mil foi o que mais contribuiu para a redução do DEC Brasil.

Fonte: Portal Brasil