Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, conversaram nos últimos dias sobre a possibilidade de o titular da Pasta da Fazenda compor a chapa eleitoral como vice de Temer. Vale lembrar que o presidente disse, em entrevista à revista IstoÉ, que “seria covardia não ser candidato” à reeleição neste ano.

No Palácio do Planalto, interlocutores de Temer afirmam que as tratativas estão “otimistas”. Alegam que será uma “ajuda mútua”. Já entre auxiliares de Meirelles a avaliação é mais cética em relação à aceitar a proposta. Eles acreditam que é Temer quem vai se dar conta de que não tem chances na corrida eleitoral e apoiar o ministro para a Presidência.

Meirelles também já discutiu com Temer substitutos para sua vaga. Defende que seja Eduardo Guardia ou Mansueto Almeida e não Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento.

Temer interromperá as tratativas eleitorais e ministeriais nesta segunda-feira, 26, para cuidar do inquérito dos Portos. Em São Paulo para compromisso oficial, o presidente quer encontrar conselheiros para discutir a investigação. Entre eles, o advogado Antônio Claudio Mariz e o ex-assessor José Yunes.

Com informações do G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp