Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os policiais disseram que outros homens estão envolvidos no crime e que mantém as investigações para tentar identificar e prender o restante do bando.

 

A Polícia Civil do Ceará, apos apreender, nessa terça-feira 1,2 tonelada de maconha investiga as ramificações de uma quadrilha de trafico de drogas da Grande Fortalezqa ecidades do Interior do Estado. Segundo a com a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (Denarc), responsável pela apreensão, a droga estava armazenada em um imóvel localizado na capital cearense.

Essa foi a segunda maior apreensão de drogas da história da Polícia Civil do Ceará e a maior do ano. Em 2017, só pela Dnarc já são mais de duas toneladas de drogas retiradas de circulação, 48 armas apreendidas (sendo seis de grosso calibre) e 168 traficantes presos.

Conforme policiais, a droga era trazida do Paraguai para ser distribuída em bocas de urna de Fortaleza e cidades do interior do Ceará. O material foi descoberto com um homem após denúncia anônima.

O suspeito foi preso com 100 quilos de drogas no carro dele. Ao aprofundar as investigações, os policiais localizaram uma casa utilizada pelo suspeito no Bairro que era usada para manter a droga, onde foi encontrado 1,1 tonelada de maconha.