Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A regra do 85/95 completou três anos e garantiu aposentadoria integral a milhares de trabalhadores no país. A norma permite que o segurado não tenha descontos do fator previdenciário no seu benefício, desde que a soma da sua idade e do seu tempo de contribuições ao INSS seja 85 pontos, no caso das mulheres ou 95 para os homens.

Quem adiar sua aposentadoria e entrar no 85/95 ganha, em média, R$ 679,38 a mais mensalmente — uma alta de 34,5% em relação ao benefício médio de quem teve o desconto do fator. Quem deseja se aposentar pela regra deve consultar seu Cadastro Nacional de Informações Sociais, Cnis, para confirmar se todos os períodos de trabalho estão sendo considerados.