Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente da Associação dos Prefeitos o Ceará (Aprece), Nilson Diniz, destacou, nessa quarta-feira, as ações desenvolvidas pela entidade para mobilizar os gestores municipais no enfrentamento da pandemia do coronavírus nas cidades da Grande Fortaleza e do Interior do Estado. Nilson frisa que os prefeitos e os secretários de Saúde estão atentos às diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado e pelas autoridades sanitárias no sentido de serem adotadas medidas que barrar a propagação do vírus.

Sintonizada com as recomendações da área de saúde do Governo do Estado, a Aprece, como enfatiza Nilson Diniz, vai além e promove, a cada semana, um debate para discutir as ações que devem ser implementadas para fortalecer ainda mais o combate à pandemia do coronavírus.

Os prefeitos cearenses, gestores e profissionais de saúde e moradores das 184 cidades do Ceará tem a oportunidade, nesta quinta-feira, a partir das 10 horas, de receber importantes informações sobre os ‘’Desafios da Gestão em Saúde no Enfrentamento ao Coronavírus’’. Esse é o tema da Quinta com Debate da Aprece, com transmissão pelo canal da Aprece no Youtube.

De acordo com a assessoria de imprensa da Aprece, diversos temas relacionados ao enfrentamento da pandemia da Covid-19 serão apresentados e discutidos por debatedores que estão atuando diretamente no trabalho de controle da doença. São autoridades de saúde com grande conhecimento técnico na área.

A lista de debatedores tem o Secretário de Saúde do Estado, Dr. Cabeto, o presidente da Aprece, Nilson Diniz, o Presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Willames Freire, a presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems/CE), Sayonara Cidade, e consultor em Saúde da Aprece, João Ananias, ex-secretário de Saúde do Estado.

Será, certamente, um debate fundamental para entender as adversidades causadas pelo avanço do novo coronavírus e os caminhos que vem sendo trilhados para superar essas adversidades, disse o presidente da Aprece, Nilson Diniz, no chamamento aos prefeitos e secretários de saúde para o debate nesta quinta-feira.

(*) Com informações da Assessoria de Imprensa da Aprece

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp