Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Assembleia Legislativa do estado do Ceará realiza nesta quarta-feira (25), a partir das 14h, no Complexo de Comissões Técnicas Permanentes, uma audiência pública para discutir “Orientação e conscientização da população cearense acerca dos riscos, bem como das formas de prevenção e diagnóstico do câncer do aparelho digestivo”. O requerimento para realização da audiência é do deputado Walter cavalcante (MDB).

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto e a presidente da Comissão de Seguridade Social e Saúde do legislativo estadual, deputada Dra. Silvana, convidam a população cearense para participar do encontro. Walter é também autor da da Lei nº 16.276, de 20 de Julho de 2017, que instituiu a semana Estadual de Conscientização e Orientação sobre o Câncer do Aparelho Digestivo. A data integra o Calendário Oficial de Eventos do Ceará e ocorre na última semana de setembro.

Segundo Walter, o objetivo do evento é esclarecer a sociedade sobre o câncer do aparelho digestivo, bem como sobre seus sintomas, além de qualificar os profissionais de saúde para as ações de tratamento e prevenção.

“O câncer pode ocorrer em qualquer órgão do aparelho digestivo e é, na imensa maioria das vezes, de tratamento cirúrgico, que consiste na retirada do órgão no todo ou em parte, e na reconstrução ou substituição do órgão retirado para restabelecer a função perdida”, ressalta.

Walter lembra que alguns casos podem necessitar de tratamentos complementares com quimioterapia ou radioterapia.

“Os tumores mais comuns do aparelho digestório são os do estômago e do intestino grosso, mas podem ocorrer no fígado, pâncreas, esôfago, vesícula biliar, baço, ou seja, em qualquer órgão abdominal”, explica.

O parlamentar destaca que a prevenção ainda é o melhor tratamento para os tumores, pois o tratamento quando iniciado nas fases iniciais da doença apresenta altos índices de cura, ao contrário dos tumores em fase avançada, onde a chance de cura é bastante restrita.

 

 

 

 

 

 

 

(*)com informação da AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp