Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Assembleia Legislativa promoverá a partir da próxima segunda-feira (2), uma grande mobilização para prevenir a depressão e os casos de suicídios no Ceará. A Casa aderiu ao Setembro Amarelo com palestras, cursos, audiências públicas, panfletagem e atendimento com escuta por psicólogos. Como parte do movimento Ideia Certa, o Legislativo Cearense fará ainda uma campanha publicitária de conscientização da população.

“A Organização Mundial de Saúde prevê que, em 2020, a depressão já será a doença mais incapacitante do mundo. No Ceará, há um avanço não apenas da depressão, mas também de casos de suicídio”, afirma o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio, Evandro Leitão (PDT).

Entre 2017 e 2018, o número de auxílios-doença subiu 38,6%, com uma média de quatro concessões a cada 24 horas. Em 2015, a quantidade de pessoas que tiraram a própria vida chegou 565, superior às mortes por dengue, câncer de próstata, câncer de mama e acidentes de moto.  Em 2018, foram contabilizados 643 suicídios. “O problema pode ser ainda maior, visto que é comum haver subnotificações nesse tipo de óbito”, alerta o parlamentar.

O dia 10 de setembro é internacionalmente conhecido como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Por conta da data, desde 2015, entidades como o Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria e outras instituições se envolvem em ações destinadas a dar visibilidade à prevenção do suicídio. No Ceará, a Lei 16.185/2016 institui no calendário oficial do Estado o Setembro Amarelo.

A organização do Setembro Amarelo na Assembleia envolve uma ação conjunta do Ideia Certa, da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio, do Departamento de Saúde da Casa, da Comissão da Infância e Adolescência, das Companhias de Polícia de Guarda e do 1º Batalhão de Bombeiro Militar.

Frente Parlamentar

A Assembleia Legislativa instalou a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio no último dia 14 de agosto. O requerimento de instalação foi assinado por 41 parlamentares. Participam da frente os deputados Evandro Leitão, Nezinho Farias, Renato Roseno, Patrícia Aguiar, Romeu Aldigueri, Elmano Freitas, Jeová Mota, Leonardo Pinheiro e Érika Amorim.

 Calendário de ações do Setembro Amarelo no Legislativo

Data

Hora

Ação

2/9

7h

Panfletagem e distribuição de fitas amarelas na Assembleia Legislativa para servidores e visitantes

2 /9

18h

Iluminação amarela no prédio da Assembleia Legislativa

3 /9

8h

Visita à Sociedade de Assistência e Proteção a Infância de Fortaleza (Sopai)

3/9

14h

Palestra Comportamento Suicida: Do fenômeno à negociação, com Alexandra Valéria Vicente da Silva – Psicóloga e Capitã do BOPE – PMRJ.

4 /9

14h

Audiência pública sobre suicídio na adolescência com a psicóloga Alessandra Xavier

9 /9

9h

Reunião da Frente Parlamentar

10 /9

7h

Panfletagem e distribuição de fitas amarelas na esquina das avenidas Desembargador Moreira e Pontes Vieira

10 /9

A definir

Sessão Especial

10 /9

8h30

Palestra sobre a depressão na Infância e Adolescência com o psiquiatra Fábio Gomes de Matos

14 /9

19h

Panfletagem e distribuição de fitas amarelas no entorno da Arena Castelão

17 /9

15h

Audiência pública sobre o projeto Vidas Preservadas com promotor Hugo Mendonça

20 /9

8h

Escuta com psicólogos na Assembleia Legislativa

25 /9

8h30min

Mesa redonda sobre combate à depressão, automutilação e prevenção do suicídio no auditório Murilo Aguiar

30/ 9

A definir

Palestra Crise Suicida e Estratégias de Prevenção com Edir Paixão – Psicólogo e Major do Corpo de Bombeiros do Ceará.

 

 

 

 

(*)com informação da AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp