Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pouco mais de 24 horas após a confirmação do primeiro caso de coronavírus entre os deputados estaduais, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa avançou para nesta sexta-feira (20), a partir das 9h30min, realizar a primeira sessão ordinária remota para votação de projetos de lei. A pauta tem duas mensagens: uma que trata sobre a reestruturação dos salários dos policiais militares, e a outra que dispõe sobre benefício de ascensão social para os servidores estaduais da saúde.

A decisão de instituir a sessão pela internet é adotada após a confirmação do primeiro caso de coronavírus entre os deputados estaduais. O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Júlio Costa Filho (PDT), teve confirmado, na manhã dessa quarta-feira (18), o teste positivo para o Covid-19.

Como medida de prevenção da saúde dos parlamentares e servidores, o presidente da Mesa Diretora, José Sarto (PDT), mandou lacrar o Plenário para higienização e suspendeu atividades administrativas. A sessão virtual, que passou por teste na manhã desta quinta-feira, com a participação de 24 deputados estaduais, é pioneira entre os Legislativos Estaduais do Brasil.

 

O presidente da Mesa Diretora, José Sarto (PDT), define a medida pioneira como uma conquista para os cearenses que terão na Assembleia Legislativa um canal de proteção em meio à pandemia de coronavírus. Sarto destacou que, nesse momento de mobilização nacional para o enfrentamento do Covid-19, a Assembleia Legislativa está presente e ao lado dos cearenses da Grande Fortaleza e o Interior do Estado.

A determinação para suspender as sessões com a presença física dos parlamentares e, ao mesmo tempo, a criação das votações virtuais, conforme José Sarto, retratam o compromisso do Legislativo com o povo cearense. Sarto confirmou a votação para esta sexta-feira (20), das mensagens sobre o reajuste salarial dos policiais militares e os benefícios para os servidores da área da saúde. Com o funcionamento virtual, a Assembleia Legislativa, pela decisão adotada pela Mesa Diretora, não para e terá votações de projetos que interessam aos cearenses.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp