Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com chuvas 54% acima da média histórica no mês de fevereiro em todas as regiões do Ceará, o mês de março tem surpreendido com a escassez de precipitações. Nos nove primeiros dias do mês, o estado registrou apenas 36,4 milímetros. Para o mês inteiro são esperados 203,4 milímetros. Em fevereiro, choveu 183mm, enquanto que a média histórica do período é de 118 milímetros.

“Essa pouca atividade da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) deve ser temporária e deve voltar a proporcionar chuvas, principalmente mais para o fim do mês”, diz o meteorologista Raul Fritz, supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

A ZCIT é formada por um aglomerado de nuvens que se movimentam no sentido norte-sul na faixa equatorial da terra. Essas nuvens caracterizam-se pelo transporte de calor da superfície (baixos níveis) para a alta troposfera e depois para as latitudes médias. A zona de convergência faz com que o ar quente e úmido suba, carregando umidade do oceano para os altos níveis da atmosfera, ocorrendo a formação de nuvens e, consequentemente, chuvas.

“Esse mês tem sido mais fraco, houve uma redução das chuvas como um todo no Estado. Isso se deveu a um período momentâneo em que a Zona de Convergência Intertropical se afastou um pouco da nossa costa, mas já retornou. Só que a atividade convectiva, ou seja, a capacidade de formar nuvem de chuvas diminuiu bastante”, explica o meteorologista.

Calor

Com uma pausa nas chuvas, a temperatura subiu em Fortaleza e no interior do estado. Muita gente reclamou do calorão nos últimos dias, e com razão. Em fevereiro e primeiros dias de março a temperatura do Ceará variou entre 26 e 28 graus, com máxima de 30 graus. Nesta sexta-feira (9) a máxima é de 32 graus, conforme a Funceme.

Apesar da pouca chuva nos primeiros dias de março, a perspectiva ainda é de que ocorram precipitações dentro ou acima da média durante a chamada quadra chuvosa, que vai de fevereiro a maio.

“Pelo mennos neste fim de semana deve continuar com escassez de chuva em boa parte do Ceará. As chuvas devem predominar, principalmente, na parte Norte do Estado e no litoral. Mas essa pouca atividade da Zona de Convergência deve ser temporária e deve voltar a chover em nosso estado”, acredita Fritz.

Com informações G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp