Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Reunião da frente parlamentar Parlanordeste. / Foto: Reprodução

A reunião que pode decidir o futuro do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está agendada para esta terça-feira (16) e contará com uma frente nordestina, a ParlaNordeste, que reúne parlamentares em defesa do Banco e de outros órgãos, além da presença dos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Beto Almeida destaca a importância dessa audiência pública para esclarecer o que pensa o governo Jair Bolsonaro, através do ministro da Economia, Paulo Guedes, a respeito do papel do BNB, que é a principal instituição de fomento da Região.

“Na realidade, o Governo tem dado um silencio ensurdecedor a todos esses questionamentos e isso é preocupante, porque ao mesmo tempo que sinaliza que não vai privatizar o Banco, ou não vai incorporá-lo ao BNDES, já deu sinais de que quer retirar o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) do Banco do Nordeste e pôr sob responsabilidade do BNDES. Isso é, literalmente, matar a força que tem o BNB”, afirma Beto Almeida.

Para Luzenor de Oliveira, é importante a presença dos deputados federais cearenses para dar o sinal de que estão atentos para defender o BNB e destaca que o ministro Paulo Guedes poderia ser mais objetivo sobre o Banco, para descartar de uma vez por todas, ou não, a especulação sobre incorporação ao BNDES.

Você pode conferir as análises de Luzenor de Oliveira e Beto Almeida na íntegra no Jornal Alerta Geral (Expresso FM 104.3 na Capital l+ 26 emissoras no Interior) sobre o tema:

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp