Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os cearenses que estão sendo beneficiados pelo auxílio emergencial e aguardavam a definição das datas de pagamento das parcelas extra do auxilio, agora já tem uma resposta. O governo desistiu de fracionar o pagamento das duas parcelas adicionais do auxílio emergencial nos meses de agosto e setembro. Os mais de 65 milhões de beneficiários do programa de renda criado durante a pandemia de covid-19 receberão mais dois pagamentos integrais de R$ 600, conforme calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania nesta sexta-feira, 17.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a cogitar o fracionamento dos pagamentos em até quatro partes, para criar uma impressão de duração maior da medida. Na ocasião, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a continuidade dos pagamentos integrais de R$ 600 em agosto e setembro.

De acordo com o calendário publicado hoje, os beneficiários continuarão recebendo os valores primeiro em contas digitais para só depois conseguirem sacar os recursos conforme um cronograma estabelecido pela Caixa Econômica Federal – evitando aglomerações nas agências.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp