Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As ações de fiscalização para o cumprimento das medidas de isolamento mais rígidas em Fortaleza serão intensificadas em bairros que apresentam os piores indicadores relacionados à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Os indicadores de novos casos da doença, número de óbitos, circulação de veículos e denúncias de aglomeração de pessoas e comércios funcionando indevidamente em bairros da Capital serão levados em consideração para reforçar o número de fiscalizações dos órgãos municipais e estaduais de segurança pública, trânsito e fiscalização. A nova dinâmica de atuação já está em vigor e permanece até o dia 31 de maio, prazo final do Decreto Estadual nº 33.594.

Com o trabalho de fiscalização nas ruas, as atividades realizadas nas sete barreiras fixas montadas ao redor da cidade e nas diversas blitze volantes dispostas por todos os bairros da Capital serão mantidas para garantir o cumprimento do decreto, de acordo com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp