Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Romildo Rolim, fez um balanço financeiro de 2018, em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (21), na sede do Passaré. O Ceará recebeu aplicações de R$ 8 bilhões, um crescimento de 56.5% em relação ao ano anterior. A maior parte desses recursos voltou-se para o crédito de longo prazo, que conta com juros subsidiados pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

O valor do FNE financiado em 2018 atingiu R$ 4,5 bilhões. As expectativas de impactos desse investimento são as seguintes: valor bruto da produção R$ 7,9 bilhões; valor agregado/renda R$ 4,9 bilhões; nos salários R$ 1,4 bilhão; tributos R$ 852 milhões e também na criação de 208.421 empregos. Para 2019, o Banco prevê contratações e desembolso somente para o Ceará de R$ 3,4 bilhões pelo FNE; R$ 3,5 bilhões no Crediamigo e R$ 320 milhões no Agroamigo. Já para o BNB Digital a previsão é de liberação de R$ 555,5 milhões.

O lucro líquido do banco apurado em 2018 foi de R$ 725,5 milhões. O valor foi 6,4% maior do que o do exercício anterior, quando foram registrados R$ 681,7 milhões. No ano passado foram aplicados R$ 43,6 bilhões na economia dos 9 estados nordestinos e norte de Minas Gerais e do Espirito Santo, somados recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

O patrimônio líquido do Banco chegou a R$ 4.182 bilhões no final de 2018. Segundo Romildo, dos R$ 43,6 bilhões aplicados em 2018 a maior parte, R$ 32,7 bilhões teve como fonte o FNE. Todos os 1.990 municípios da área de atuação do banco receberam os recursos.

O presidente do BNB, Romildo Rolim, destacou que as aplicações para as micro e ppequenas empresas, microcrédito e agricultura familiar cumprem a missão institucional da empresa. Ele ressalta também que, como gestora de recursos públicos o BNB tem também o compromisso com a sociedade de pautar a suia atuação no mercado de forma social e ambientalmente responsável. O Banco do Nordeste também desenvolve alções de integridade e ética, qyue funcionam como instrumentos de boa governança.