Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A bancada de deputados federais do Partido Socialista Brasileiro (PSB) divulgou na manhã desta quinta-feira (4)  uma nota de solidariedade ao deputado Danilo Forte e outros três dirigentes estaduais da legenda. Logo após a votação da reforma trabalhista,  em que metade da bancada votou a favor da proposta, o partido resolveu destituir Forte e outros parlamentares de suas funções nas comissões provisórias.

O documento, que reúne as 26 assinaturas até o momento, e pede a manutenção da deputada federal Tereza Cristina  à frente da liderança do partido na Câmara dos Deputados, explicita a unidade do bloco, mesmo com correntes de pensamentos divergentes no âmbito das reformas propostas pelo Governo.

Em 2015, o deputado Danilo Forte falou que o clima intrapartidário é de normalidade. “Desde que foi-nos confiada a missão no Ceará, percorri todo o Estado para constituir 151 comissões provisórias visando o pleito de 2016. Há época o PSB não tinha sequer sede existente. Avançamos e concorremos em diversos municípios. Conquistamos duas prefeituras, quatro vice-prefeituras e 58 assentos nas Câmaras no Ceará. Nossa luta segue com coerência, dignidade e muito diálogo construindo mudanças necessárias para a retomada do crescimento econômico e das garantias dos direitos sociais”, disse Danilo.

Com informação da A.I