Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Banco do Brasil disponibiliza R$ 16 bilhões para a compra antecipada de insumos, por meio do Custeio Antecipado da Safra 2021/2022. Os recursos são destinados aos produtores rurais, para financiamento das lavouras de soja, milho, algodão, café, arroz e cana-de-açúcar.

A linha permitirá aos clientes avaliar o melhor momento para a aquisição dos insumos, levando em consideração as condições de preço e mercado. As operações poderão ser contratadas com as seguintes condições:

Pronamp Custeio

– Taxa: 5% a.a.

– Teto: R$ 1,5 milhão

– Prazo: até 14 meses

Custeio Agropecuário

– Taxa: 6% a.a.

– Teto: R$ 3 milhões

– Prazo: até 14 meses

O Banco do Brasil avalia que a compra antecipada de insumos permite aos produtores melhores condições negociais, maior segurança quanto ao recebimento dos insumos no período adequado e possibilidade de melhores retornos econômicos à atividade.

No ano passado, por exemplo, foram verificadas elevações nos custos de produção de até 19% entre os meses de disponibilização do crédito antecipado (fevereiro) e de concentração do plantio (outubro). Dessa forma, quem teve a oportunidade de adquirir antecipadamente seus insumos aproveitou o melhor momento de compra.

Nas últimas três safras, foram desembolsados R$ 27 bilhões no Custeio Antecipado.

(*)com informação do BB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp