Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A polícia identificou o bando que tentou assaltar um carro-forte, na noite de terça-feira, quando houve um tiroteio que deixou quatro pessoas mortas no Bairro Parque São José, em Fortaleza. Conforme investigações da Delegacia de Roubos e Furtos, o grupo participou do latrocínio de um segurança de uma empresa de valores e do roubo a uma lotérica dentro de um supermercado no município de Maranguape, em abril deste ano.

Na noite de terça, a quadrilha atacou os seguranças de uma empresa de valores que saíam com malotes de dentro de uma casa lotérica, que funciona no estacionamento de um supermercado na Avenida Cônego de Castro. No tiroteio, um senhor de 65 anos cliente da lotérica morreu. Três bandidos também morreram. O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos, Raphael Villarinho, e dois vigilantes foram baleados.

Antes da ação, três suspeitos aguardavam na fila, como se fossem clientes, dois estavam fora do supermercado e outros permaneceram dentro do Corolla, inclusive atirando com um fuzil contra o carro-forte. De acordo com a DRF, o grupo é envolvido no latrocínio do vigilante Antônio Luis Alexandre de Sousa, 24, morto a tiros durante assalto contra um carro-forte. O caso ocorreu no dia 11 de abril deste ano, no bairro Granja Portugal, em Fortaleza.