Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A três dias das convenções partidárias, que definem os candidatos aos cargos eletivos nas eleições deste ano, o cenário é de incertezas. Os pré-candidatos à Presidência da República, incluindo os que lideram as pesquisas de intenção de votos, ainda não definiram seus vices – e muitos ainda tentam concretizar alianças com outros partidos. O assunto ganhou destaque no Bate Papo Político desta terça-feira, 17, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior).

Pré-candidato do PDT ao Palácio do Planalto, Ciro Gomes vive uma semana movimentada. Costurando uma aliança com o Centrão – composto em seu núcleo por DEM, PP, Solidariedade e PRB – e com o PSB, Ciro será oficializado como candidato à presidência do PDT na próxima sexta-feira, 20, dia que marca a abertura oficial das convenções partidárias. Ele, porém, ainda não tem um vice definido, assim como os pré-candidatos do PSL, Jair Bolsonaro, do PSDB, Geraldo Alckmin, e da Rede Sustentabilidade, Marina Silva.

Na quinta-feira, 19, 24 horas antes de sua confirmação como candidato a Presidente, Ciro deve acompanhar atento a reunião dos dirigentes nacionais do PSB, que devem definir quem o partido vai apoiar nas eleições deste ano. As últimas semanas foram marcadas por um verdadeiro cabo de guerra entre PDT e PT, que brigam pelo apoio dos peessedebistas.

Saiba mais:
+ Saiba porque apoio do PSB é considerado chave nas eleições deste ano

Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida destacaram a importância do PSB nas eleições deste ano para Ciro. Uma aliança com o partido, faria com que o candidato do PDT ganhasse mais tempo na propaganda eleitoral obrigatória no tempo de Rádio e TV. Além disso, com o apoio do PSB, Ciro teria um maior apoio nos estados – já que teria uma maior quantidade de palanques – o que pode significar um aumento do número de eleitores.

Sobre a possibilidade do PSB ficar neutro, Beto classificou a alternativa como “imperdoável”, já que o partido tem uma ligação histórica com o PT e um viés ideológico muito próximo do que defende o PDT. Caso firme também alianças com o Centrão, Ciro terá o maior tempo nas propagandas de Rádio e TV.

Para conseguir apoio do partidos de centro e do PSB, Ciro chegou a oferecer a vaga de vice para um desses partidos. Nomes como o do empresário Benjamin Steinbruch, recém-filiado ao PP e ligado a Companhia Siderúrgica Nacional, do filho do ex-vice-presidente José de Alencar, Josué Gomes, presidente da Coteminas, e do pré-candidato ao Governo de Minas Gerais, Marcio Lacerda (PSB), já foram cogitados.

Steinbruch, inclusive, reuniu lideranças dos partidos de centro para um encontro na sua casa, em São Paulo, no último sábado. Na pauta de debates da reunião, estava o apoio dos partidos a candidatura de Ciro.

Indefinições também no Ceará

As indefinições sobre os vices das chapas também estão presentes também dentre os candidatos que vão disputar o Governo do Estado. De um lado, o governador Camilo Santana (PT) tenta a reeleição. Em uma aliança que já conta com mais de 20 partidos, Camilo deve ter novamente Izolda Cela como a vice de sua chapa. O deputado estadual Zezinho Albuquerque (PDT), presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, também deve seu nome ligado ao cargo de vice da chapa de Camilo.

Do lado da oposição, o general Guilherme Theophilo Gaspar, pré-candidato do PSDB, ainda não tem um nome definido para compor a vice de sua chapa. O ex-governador Lúcio Alcântara e a médica Mayra Pinheiro foram cogitados. Lúcio, no entanto, disse que não vai concorrer no pleito deste ano, enquanto Mayra já afirmou ao senador Tasso Jereissati (PSDB), um dos principais responsáveis pela candidatura de Theophilo ao Governo do Estado, que vai tentar uma vaga na Assembleia Legislativa em outubro.

Abaixo os outros destaques do Bate Papo Político desta terça-feira:

– Eleitores já podem solicitar voto em trânsito

Por falar em eleições, o correspondente do Jornal Alerta Geral, Welton Silva, trouxe uma informação que interessa aos eleitores brasileiros: a partir desta terça-feira, abre-se o prazo para o eleitor comunicar a Justiça Eleitoral que vai votar em trânsito, ou seja, fora de seu domicílio eleitoral. A possibilidade, porém, só será aberta em capitais ou municípios com mais de cem mil eleitores. Confira mais informações:

WELTON SILVA – PRAZO PARA SOLICITAR VOTO EM TRÂNSITO COMEÇA NESTA TERÇA

– Maioria do eleitorado brasileiro, mulheres estão insatisfeitas com a política

As mulheres representam a maioria dos eleitorado brasileiro e estão insatisfeitas com a situação política brasileira. As razões para a insatisfação variam dos escândalos de corrupção a preocupação com os rumos da economia. Segundo pesquisa Ibope, 6 em cada 10 eleitores dispostos a não votar nas eleições deste ano são do público feminino. O correspondente Carlos Alberto trouxe mais informações sobre o assunto:

CARLOS ALBERTO – MULHERES ESTÃO INSATISFEITAS COM A POLÍTICA

Gostou do que foi debatido no Bate Papo Político desta terça-feira? Então clica no player abaixo e ouça as análises dos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida na íntegra!

BATE PAPO 17.07.2018

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp