Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Candidaturas próprias! As lideranças partidárias do PT e PDT encaminham os nomes que devem disputar a prefeitura de Fortaleza no mês de outubro e, dessa forma, colocam em cheque a possível aliança que era sussurrada nos bastidores políticos entre as siglas. O tema foi destaque dentro do Bate-Papo político desta segunda-feira (10) entre os jornalistas Luzenor Oliveira e Beto Almeida.

Durante comemoração aos 40 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores, lideranças da agremiação no Ceará estiveram reunidos com o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva para dialogar sobre os planos nas eleições municipais de 2020. A decisão tomada foi de que a definição sobre a pré-candidatura ou não da deputada federal Luizianne Lins ficará para o dia 12 de março.

Ex-prefeita da capital, Luizianne é o nome de maior peso dentro do partido, contudo, não é unanimidade e alguns optam pela renovação, onde surge o vereador e presidente da sigla em Fortaleza, Guilherme Sampaio, como possível opção.  O jornalista Beto Almeida comenta que o encontro comemorativo foi frustrante para os que aguardam uma definição imediata:

Quem esperava que houvesse um avanço do PT aqui com nome para a capital saiu um pouco frustrado dos resultados desse encontro festivo para comemorar os 40 anos do partido. Isso porque a ex-prefeita e atual deputada federal Luizianne Lins inclusive divulgou uma carta aberta que ela encaminhou ao partido, pedindo que o PT definisse logo o nome do pré-candidato a prefeitura de Fortaleza, ela pediu agilidade.

Atual deputado federal pelo PT, o parlamentar José Airton Cirilo detalhou as articulações que foram engendradas no encontro da sigla ocorrido em Brasília. Confira o áudio na íntegra:

Sobre o impasse que há na unanimidade do nome que será escolhido dentro do partido Beto diz que isto “é comum dentro do PT” e que isso só está ocorrendo porque o nome de Guilherme Sampaio tomou consistência  após este triunfar sobre Raimundo Ângelo e  arrematar o posto de presidente do PT em Fortaleza, elevando assim seu status dentro do partido como nome de renovação.

PDT e Sarto

Tal qual o PT tem a deputada federal Luizianne Lins como nome mais consistente para o duelo eleitoral pela capital cearense, o PDT também possui um nome que desponta como provável nome da base governista para suceder o atual prefeito Roberto Cláudio, a saber, o presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto.

Há oito meses do período eleitoral emergir, Roberto Cláudio e a cúpula do PDT parecem não ter pressa para solidificar o sucessor do atual chefe do executivo. O partido possui três nomes indicados como prováveis candidatos: o presidente da AL José Sarto, a vice-governadora Izolda Cela e o secretário municipal de governo Samuel Dias. Dentre esses, José Sarto é que detém maior corpulência política.

No Bate-Papo político, o jornalista Beto Almeida pontua que José Sarto possui mais vantagem de exposição na mídia e por isso seu nome desponta na frente dos demais prováveis candidatos:

O presidente da Assembleia Legislativa leva uma vantagem pelo menos em relação ao exposição na mídia, a busca que ele diz de mostrar que ele pode ser essa opção, porque ele não precisa se desincompatibilizar do cargo que ele tem na Assembleia Legislativa, diferente por exemplo do secretário Samuel, que ele sim, ele precisa ter um prazo para se desincompatibilizar, então já fica ali de lado em relação a essa exposição em um momento como esse.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp