Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Divulgada na noite dessa terça-feira, 18, a pesquisa Ibope para Presidência da República mostrou o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na liderança, com 28% das intenções de votos. O que chamou atenção, porém, foi a disparada do candidato do PT, Fernando Haddad, que cresceu 11 pontos percentuais em uma semana e se isolou na segunda posição, com 19%. O assunto foi destaque no Bate Papo Político desta quarta-feira, 19, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior).

O jornalista Luzenor de Oliveira destacou que a pesquisa divulgada ontem mostra que a disputa presidencial caminha para um segundo turno entre Bolsonaro e Haddad. Para Beto, inclusive, o cenário eleitoral já parece estar definido na cabeça dos brasileiros: será Bolsonaro contra Haddad. O jornalista comparou a disputa a um “plebiscito entre o PT e alguém do antipetismo”, no caso, o presidenciável do PSL e não mais um candidato do PSDB, como nas eleições anteriores. Para ele, os brasileiros vão decidir entre dois programas de governo totalmente diferentes, caso o ex-capitão do Exército e o ex-prefeito de São Paulo disputem, de fato, o segundo turno juntos.

Ainda segundo Beto, a subida de Haddad nas pesquisas evidencia a capacidade de transferência de votos do ex-presidente Lula, preso desde 7 de abril e impedido de concorrer por ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para seu substituto na chapa.

O jornalista ainda comentou sobre a desidratação política de Alckmin e do PSDB, que não conseguiram decolar – Alckmin tem 7% das intenções de voto na pesquisa Ibope dessa terça -, e reforçou que Bolsonaro saiu de uma situação desconfortável no segundo turno, já que antes perdia para todos que disputassem o segundo turno com ele, mas agora já se encontra empatado tecnicamente com alguns de seus prováveis adversários.

O jornalista Luzenor de Oliveira destacou que a performance eleitoral de Marina Silva (Rede) “emagreceu” – a candidata tem 6% das intenções de votos –, mas destacou que a porcentagem de brancos e nulos (14%) e de eleitores que não sabem ainda em quem votar ou que não responderam a pesquisa (7%) ainda é alta. Para ele, ainda há margem para os candidatos crescerem, mas dificilmente Marina e Alckmin devem ter chances de chegar ao segundo turno, a menos que haja um fato político novo. Para Luzenor, no entanto, no segundo turno “zera tudo” e as campanhas definem suas estratégias novamente.

CNJ aposenta compulsoriamente desembargador do Ceará

O Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou aposentadoria compulsória para o desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), Carlos Rodrigues Feitosa, por venda de sentenças em plantões judiciários. A decisão foi tomada por unanimidade, nessa terça-feira, 18.

A conduta infracional do magistrado já vinha sendo apurada pelo CNJ desde 2015, quando a Corregedoria Nacional de Justiça iniciou a investigação, que comprovou envolvimento do desembargador com esquema de venda de liminares por meio de troca de aplicativo de mensagem instantânea (WhatsApp) e Facebook. Os casos analisados referem-se a soltura de presos mediante pagamento em dinheiro. A oferta, segundo os autos, teria sido feita por advogados que frequentavam os plantões judiciários de Carlos Rodrigues Feitosa.

As investigações da Polícia Federal revelaram que eram cobrados valores entre R$ 50 mil e R$ 500 mil para cada decisão favorável durante os plantões de feriados e fins de semana no TJ-CE para liberar presos, inclusive traficantes.

Confira no player abaixo o Bate Papo Político na íntegra! Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida ainda conversaram sobre esforço redobrado dos gestores municipais diante da queda das receitas para pagar o 13º salário dos servidores públicos. O alerta é da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece)!

BATE PAPO 19.09.2018