Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O clima é de preocupação entre os aliados do prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra (PTB), que tem o filho Pedro Bezerra, deputado federal eleito, na mira de uma ampla investigação da Polícia Federal sobre possível uso de recursos públicos para elegê-lo. 

A Operação Graham Bell, realizada pela Polícia Federal, teve apoio da CGU (Controladoria Geral da União) e deixou angústia para o grupo político liderado por Arnon.

O futuro do deputado federal eleito Pedro Bezerra passa pelo resultado das investigações. Pedro diz que teve as contas de campanha aprovadas sem ressalva

Pedro Bezerra (PTB) ao lado do pai, Arnon Bezerra (PTB)

A Prefeitura de Juazeiro do Norte é alvo, também, da mesma operação por possíveis irregularidades na contratação de serviços e realização de obras. Há suspeita de superfaturamento e desvio de recursos. A Operação da Polícia Federal na maior cidade do Interior do Ceará ganhou destaque no Bate Papo Político, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), entre os jornalistas Beto Almeida e Luzenor de Oliveira, edição desta sexta-feira. 

Durante o debate, o jornalista Beto Almeida lamentou, com base nas investigações da CGU e PF, que o deputado federal Pedro Bezerra, eleito com um discurso de renovação, tenha as velhas  práticas políticas. “É o novo que já chega carcomido”, disse Beto, ao falar sobre uma trajetória política de Pedro Bezerra que começa torta. 

O correspondente Carlos Silva, tem mais informações sobre o assunto:

O correspondente Solon Vieira entra com mais informações. No Jornal Alerta Geral, nada fica pela metade.

A superintendente da PF, Vanessa Gonçalves, deu outras informações como o balanço geral dessa operação que repercute diretamente na política do Ceará.

O superintende da CGU, Giovanni Pachelle, destaca essas investigações como importantes para constatar irregularidades no uso do dinheiro público.

A operação Graham Bell da Polícia Federal, tendo como alvo o deputado federal eleito Pedro Bezerra também passa pela região da Ibiapaba. Confira mais informações com o correspondente do Jornal Alerta Geral, Carlos Alberto:

Essa operação da PF deixou o prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, como conta o correspondente do Jornal Alerta Geral, Sátiro Sales:

A oposição de Bolsonaro

Dia 1º de Janeiro está chegando e com o novo ano inicia-se também um novo ciclo político. Desse modo, a oposição se organiza para enfrentar o governo de Jair Bolsonaro. As lideranças das bancadas do PDT, do PCdoB e do PSB divulgaram, nessa quinta-feira (20) nota conjunta em que os partidos oficializaram a formação de um bloco de oposição ao governo, mas sem o PT. O correspondente do Jornal Alerta Geral, Wanderley Moises, traz mais informações:

Presidência do Senado

O senador eleito Cid Gomes (PDT) também faz articulações para formação de um bloco de oposição no senado. O político aguarda resolução no desdobramento de uma liminar que pode deixar aberto o voto para eleição da presidência do senado.

A liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, determinando que a eleição para presidência do Senado ocorra pelo meio de votação aberta dificulta pode dificultar os planos do senador Renan Calheiros para tentar reeleição. O atual presidente classificou a decisão como uma interferência no Poder Legislativo.

Desse modo, o cearense Tasso Jereissati é um dos nomes que está surgindo como oposição ao Renan Calheiros.

+ Veja também

Futuro chanceler diz que vai incentivar o agronegócio. PIB cearense cresce com pecuária

Decisão que pode ter reflexo na vida de muitos cearenses

O impasse estabelecido pelo STF ao discutir a extensão dos poderes presidenciais para concessão do induto natalino a presos, levou o presidente Michel Temer a uma postura mais incisiva. De acordo com auxiliares do Planalto, Temer teria decidido, pela primeira vez durante a redemocratização, não conceder o perdão presidencial a detentos.

+ Leia mais

Faixa de imóveis isentos de IPTU em Caucaia será a maior do CE

Governo ficha limpa

O futuro ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, afirmou nessa quinta-feira (20) que no governo de Jair Bolsonaro não haverá espaço para quem não tiver ficha limpa. A declaração foi feita em resposta a questionamentos sobre o indicado ao ministério do meio ambiente Ricardo Sales, que foi condenado em primeira instancia por improbidade administrativa.

Confira essa e todas as outras notícias na íntegra do Bate Papo do Jornal Alerta Geral, que é gerado pela Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza,e transmitido, via satélite, para outras 25 emissoras no Interior do Estado:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp