Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Bate Papo Político traz como destaque na edição desta quarta-feira, 21, no Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 24 emissoras no Interior), a decisão do senador Tasso Jereissati (PSDB) de assumir a coordenação da campanha à Presidência da República do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), oficializada nessa terça-feira, após a reunião da Executiva do partido.

Tasso, anteriormente, já havia descartado a candidatura ao Governo do Estado do Ceará como o nome da oposição. O senador agora vai conciliar a coordenação da campanha de Alckmin ao Planalto com o apoio a candidatura ao Governo do Ceará do deputado estadual Capitão Wagner, oficialmente de saída do Partido da República (PR). O tucano cearense vai trabalhar para que Wagner seja o candidato da oposição ao Governo do Estado e palanque de Alckmin no Ceará.

O Bate Papo Político de hoje também trouxe outros assuntos de importância para o nosso Estado, caso, por exemplo, do imbróglio nas obras de transposição das águas do Rio São Francisco, que agora poderá ser feita por meio de uma Parceria Público Privada (PPP), como informou o correspondente Carlos Alberto. O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já está estudando esta possibilidade e levantando informações.

A parceira, contudo, será para uma etapa posterior a finalização das obras, ligada a gestão hídrica. A transposição das águas do Rio São Francisco, no entanto, estão paradas, devido a falta de recursos. Segundo os trabalhadores, que trabalham na transposição do Eixo Norte, de Cabrobó (PE) a Jati (CE), a empresa que administra os trabalhos simplesmente não pagou seus funcionários. A concessionária justifica que não recebeu recursos do Governo Federal para continuar com as obras, mas reiterou que deve pagar os trabalhadores nessa quinta-feira, 22. Já o Governo ressalta que dinheiro não é problema e que vai encaminhar R$ 200 milhões de restos a pagar do ano passado para as obras da transposição.

Vale lembrar que nessa terça-feira, 20, em entrevista ao Jornal Alerta Geral, o presidente da Comissão Externa da Câmara dos Deputados responsável por acompanhar as obras da transposição do Rio São Francisco, deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), disse que a situação hídrica do Ceará é crítica, em função, principalmente, do atraso nos trabalhos da transposição.

O jornalista Pádua Martins, assessor do Instituto de Planejamento do Estado do Ceará (Ipece), que marcou presença no Jornal Alerta Geral desta quarta, fez críticas a lentidão do Governo Federal com relação as obras de transposição do Eixo Norte e classificou a situação como vergonhosa. Pádua ressaltou os sete anos de seca que o Ceará tem passado e pediu o fim do blá blá blá e que os trabalhos sejam retomados rapidamente.

Os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida concordaram com o posicionamento de Pádua e também recomendaram ao governador Camilo Santana (PT) que converse com a bancada cearense na Câmara Federal, para que ela possa pressionar, em Brasília, o Ministério da Integração Nacional, fazendo com que as obras de transposição tenham uma atenção maior por parte da Pasta.

Além desse assunto, os jornalistas Luzenor de Oliveira, Beto Almeida e Pádua Martins também debateram sobre eleições 2018. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, na última quinta-feira, 15, que o Município de Tianguá terá uma nova eleição para prefeito e vice-prefeito, como mostrou o correspondente Sátiro Salles. O TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito de Tianguá, Luiz Menezes de Lima e do vice-prefeito, Aroldo Darsoso Portela, nas eleições de 2016 e revogou a decisão liminar anteriormente concedida, que mantia Luiz Menezes no cargo e seu vice em seus cargos.

O jornalista Pádua Martins também trouxe ao Bate Papo Político desta quarta uma informação importante sobre o eleitorado brasileiro: mais de 50% são formados pelo público feminino. Martins reforçou que o voto feminino é maioria também em nosso Estado (52,73%) e destacou a importância da mulheres nas eleições deste ano. O jornalista Luzenor de Oliveira abordou, contudo, um problema que persiste na política brasileira: a dificuldade que os partidos políticos encontram para que as mulheres componham os quadros de candidaturas. A legislação brasileira estabelece que 30% dos candidatos a cargos legislativos no âmbito municipal, estadual e federal sejam representantes do sexo feminino.

Gostou dos assuntos do Bate Papo Político desta quarta-feira? Então clica no link abaixo e assista as análises dos jornalistas Luzenor de Oliveira, Beto Almeida e Pádua Martins na íntegra!

BATE PAPO 21.03.2018

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp