Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Os beneficiários do Bolsa Família que ficaram sem o auxílio emergencial têm até o dia 30 de novembro para contestar o cancelamento. Para realizar o pedido de contestação o responsável familiar tem de acessar o site da Dataprev, mesmo que a contestação seja em nome de outro membro da família. Não é necessário ir às agências da Caixa, lotéricas ou aos posto de atendimento do Cadastro Único.

De acordo com a Caixa, mais de 19,2 milhões de pessoas cadastradas no Bolsa Família foram consideradas elegíveis para o auxílio durante novembro. Para sacar o auxílio, os beneficiários do programa devem seguir o mesmo procedimento utilizado no saque normal do Bolsa Família.

Os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania e recebem o valor do Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 (ou em até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental).

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp