Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O candidato Jair Bolsonaro (PSL-RJ) não deve usar mais as imagens de Cid Gomes (PDT-CE), irmão de Ciro Gomes, para engrossar os ataques que faz ao PT na propaganda eleitoral. O programa do PSL que vai ao ar nesta quarta-feira (17) ainda trará as imagens de Cid — ele afirmou num evento, entre outras coisas, que o PT “merece” perder as eleições  e chamou petistas de “babacas”.

A peça publicitária que vai ao ar nesta noite, no entanto, pode não trazer mais as falas do cearense. A decisão começou a ser estudada antes mesmo que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) analisasse pedido de Cid para que sua fala não fosse mais veiculada. O pleito foi apresentado à Corte na noite de terça (16).

As imagens do primeiro vídeo mostram Cid Gomes discursando em um evento na noite de segunda-feira (15) em que supostamente apoiaria a candidatura de Fernando Haddad à Presidência: “Tem que pedir desculpas, tem que ter humildade, tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira”, disparou ele logo no começo de seu discurso.

O vídeo também mostra ainda a cena em que, diante da reação negativa da plateia, Cid insiste: “É assim? Pois tu vai perder a eleição. Não admitir os erros que cometeram, isso é para perder a eleição e é bem feito. É bem feito perder a eleição”.

“Vão perder feio, porque fizeram muita besteira, porque aparelharam as repartições públicas, porque acharam que eram donos de um país e o Brasil não aceita ter dono, é um país democrático”, diz o irmão de Ciro Gomes. Quando os petistas começam a gritar o nome de Lula, ele completa: “O Lula está preso, babaca. O Lula está preso. E vai fazer o que? Isso é o PT, e o PT desse jeito merece perder. Babaca, vai perder a eleição”.

Com informações Folha de São Paulo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp