Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em vídeo publicado em suas redes sociais, nesta terça-feira(15), o presidente Jair Bolsonaro disse que “está proibido falar a palavra Renda Brasil”, programa que substituiria o Bolsa Família.

O desgaste com o assunto já vinha ficando evidente com o adiamento da data de lançamento do novo programa social por diversas vezes.

Mas, para Bolsonaro, a gota d’água seria por conta do “devaneio de alguém que está desconectado com a realidade”. O presidente se referia às informações divulgadas em todos os veículos de comunicação de que havia um impasse sobre de onde tirar a verba para a criação do Renda Brasil, que pagaria mais do que o Bolsa Família.

Uma das alternativas internamente apontada pela equipe econômica do Governo, seria o corte de benefícios sociais e até o congelamento de aposentadorias.

Bolsonaro classificou tal informação como mentirosa, mas não deixou claro de onde viria o dinheiro para bancar o valor de R$ 250, em média, do novo programa.

Por fim, o presidente deu o assunto como encerrado e que só voltará a falar sobre o Renda Brasil apenas em 2022.