Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro prorrogou por mais dois meses o Auxílio Emergencial, destinado a trabalhadores informais e beneficiários do Bolsa Família. O decreto 10.412 foi publicado nessa quarta-feira (1º) do Diário Oficial da União (DOU).

O pagamento deverá ser feito da seguinte forma, segundo o ministro:

  • R$ 500 no início do mês;
  • R$ 100 no fim do mês;
  • R$ 300 no início do mês;
  • R$ 300 no fim do mês.

De acordo com o jornalista Carlos Alberto Alencar em sua participação no Jornal Alerta Geral desta quinta-feira (2), o decreto, no entanto, não especifica se será essa a fórmula antecipada pelo ministro ou simplesmente se o governo irá pagar duas parcelas de R$ 600. De acordo com o Ministério da Cidadania, o decreto estabelece que serão pagos R$ 600 no mês de julho e R$ 600 em agosto.

Confira na íntegra o cometário do jornalista Carlos Alberto Alencar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp