Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), viajou na manhã desta terça-feira (6) para Brasília, para cuidar da transição de governo. É a primeira vez que ele viaja à capital federal depois das eleições.

A expectativa é que ele participe, nesta terça-feira, da sessão solene no Congresso Nacional em homenagem aos 30 anos da Constituição. Na quarta, está previsto um encontro de Bolsonaro com o presidente da República, Michel Temer, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Outras autoridades confirmaram presença na cerimônia no Congresso nesta terça, como o presidente Michel Temer, o ministro Dias Toffoli, além dos presidentes do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE); da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O gabinete de transição já começou a funcionar. Dos 50 nomes que poderão compor o grupo, 27 já foram apresentados oficialmente. O gabinete funcionará no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e será coordenado por Onyx Lorenzoni.

Viagem

Bolsonaro deixou o condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, às 5h27, e chegou à base aérea do Galeão às 6h. No trajeto, um dos batedores que formava o comboio se acidentou.

Bolsonaro fez a viagem em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que decolou do Rio de Janeiro pouco depois das 7h. Uma comitiva de 12 pessoas viajaram com o presidente eleito.

Com informação do G1

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp