Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O número de milionários no Brasil cresceu e, 2017 e chegou a 117.421, um número 4,8% que o ano anterior, ou 5.385 pessoas que têm mais de R$ 1 milhão investidores no Brasil. Esse grupo, que é atendido pelo segmento de “private banking”, tem aplicados R$ 964 bilhões, o equivalente a 36% de todo o investimento de pessoas físicas no Brasil, que totalizou em dezembro R$ 2,658 trilhões, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Esses clientes estão divididos em grupos econômicos, na prática, é o termo que os bancos usam para se referir à administração de recursos de uma mesma família. Ao todo são 56.619 grupos econômicos e a média de aplicações é de R$ 17 milhões.

Mas não foi só entre os milionários que houve crescimento em recursos aplicados e novos investidores, os segmentos de varejo tradicional e alta renda (em geral, renda acima de R$ 10 mil) também apresentaram expansão no ano passado, que totalizaram R$ 1,694 trilhão em investimentos, expansão de 9,5%.