Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com a alta do preço do arroz, o Brasil precisa dar atenção às famílias mais vulneráveis, diz a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura. Em nota antecipada ao Broadcast Agro, o órgão destaca a preocupação com a insegurança alimentar e a queda nutricional dessas famílias.

De acordo com o jornalista Carlos Alberto Alencar em seu comentário na edição desta quarta-feira (16) do Jornal Alerta Geral,  no comunicado, a FAO lista como fatores que levaram ao avanço expressivo do preço do cereal nas últimas semanas a desvalorização do real, que tornou as exportações mais atraentes para produtores brasileiros e dificultou as importações.

Confira na íntegra o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar: