Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com o anúncio do início da produção da Coronavac, desenvolvida pelo instituto Butantã e a farmacêutica chinesa Sinovac, o interesse pela imunização da população fez com que o governo do Ceará e mais outros 10 estados firmassem acordo para a compra do imunizante.

A vacina que começou a ser produzida na última quarta-feira, ainda não teve os resultados de eficácia apresentados à Anvisa, e o governo manteve a previsão de que eles sejam concluídos até o próximo dia 15.

Além do Ceará, outros 10 estados estão na fila para a compra da vacina, são eles o Acre, Pará, Maranhão, Roraima, Piauí, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, e Rio Grande do Sul, outros 276 municípios também demonstraram interesse pela Coronavac, segundo o presidente do Butantã.

Se aprovada pela Anvisa, a vacina ainda precisa receber um preço, o que é definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, cuja análise leva até 90 dias, em casos normais, mas a expectativa é de encurtar a análise para as vacinas contra a covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp