Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O início do período de chuvas, aliado ao mau uso da rede de esgotamento sanitário, impõe à Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) o desafio de manter o bom funcionamento da rede coletora de esgoto. Quando lançados indevidamente nas redes coletoras, as águas pluviais e os resíduos sólidos sobrecarregam o sistema e geram obstruções e extravasamentos em vias públicas. Somente em 2016, a companhia retirou, em suas ações preventivas de limpeza da rede quase duas toneladas de resíduos sólidos.

A Cagece tem se empenhado para monitorar e atuar em todas as ocorrências, agindo preventivamente, porém, a colaboração da população é importante para garantir o bom funcionamento da rede. Para evitar ocorrências, é necessário que a população esteja atenta, evitando despejar resíduos sólidos ou escoar a água da chuva na rede de esgotamento.

Nesse aspecto, a companhia conta com o apoio da população para denunciar extravasamentos ou irregularidades na rede através dos seus canais de atendimento como a central de atendimento telefônico, pelo número 0800 275 0195; pelo chat online no site da Cagece (www.cagece.com.br); ou por meio do Cagece Mobile (aplicativo gratuito, disponível para IOS e Android). No aplicativo, há uma seção exclusiva para extravasamentos de esgoto, o que dá ainda mais agilidade ao serviço da companhia.

SAIBA MAIS

É comum as pessoas confundirem rede de esgotamento sanitário com a rede de drenagem, fazendo, assim, uso inadequado desses sistemas. Enquanto a rede coletora de esgoto, de responsabilidade da Cagece, recolhe o esgotamento sanitário das residências e o direciona até uma rede de tratamento, a rede de drenagem, de responsabilidade das prefeituras municipais, promovem o escoamento de águas provenientes de chuva.

Com informação da A.I