Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Brasileiros que trabalham no setor privado com carteira assinada têm uma nova opção de crédito: o empréstimo consignado com uso do FGTS como garantia.

O objetivo da linha é oferecer taxas mais baixas do que o consignado tradicional, que não conta com a garantia de recursos do fundo. O banco vai oferecer taxas a partir de 2,46% ao mês, de acordo com o perfil do empregador e do cliente.

O valor frustra as expectativas, já que, de acordo com último levantamento feito pelo Banco Central, no empréstimo consignado tradicional para funcionários do setor privado o banco cobrou, em média, taxas menores, equivalentes a 2,39% ao mês.

Confira no player abaixo o comentário do jornalista Carlos Alberto Alencar na íntegra!

CARLOS-ALBERTO-ALENCAR-EMPRESTIMO-CONSIGNADO-DO-FGTS