Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Caixa Econômica Federal faz mais pagamentos do auxílio emergencial a partir desta sexta-feira (11). No caso do Bolsa Família, o banco já libera o saque para 1,6 milhão de beneficiários com Número de Identificação Social (NISde final 2; entre eles milhares de cearenses. Para outros trabalhadores nascidos em novembro, a instituição financeira deposita uma nova parcela do benefício. Mas a retirada em espécie — ou a transferência bancária — somente estará liberada a partir do dia 25 de janeiro.

Para os beneficiários do Bolsa Família, esta é a quarta parcela do benefício extensão, no valor de R$ 300. Com isso, o governo federal encerrará, em dezembro, o pagamento das nove cotas de auxílio previstas para esse público (cinco de R$ 600 e quatro de R$ 300). 

O saque imediato pode ser feito com o cartão magnético do programa social, em agências da Caixa, casas lotéricas ou correspondentes bancários Caixa Aqui.

Outros trabalhadores

No caso dos demais trabalhadores — informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microempreendedores individuais (MEIs) e inscritos no Cadastro Único sem direito a Bolsa Família — os valores creditados agora nas contas poupanças sociais digitais podem ser ainda de R$ 600 ou R$ 300. Tudo depende do mês em que receberam o primeiro pagamento.

Essas pessoas se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial, pelo site da Caixa e pelos Correios.

Para esse grupo de nascidos em novembro, por enquanto, a quantia poderá ser movimentada somente pelo aplicativo Caixa Tem, para o pagamento de contas (como as de água, luz, telefone e gás) e de compras feitas em lojas, farmácias e supermercados (via cartão de débito gerado na hora ou QR Code, aproximando o celular da maquininha do estabelecimento comercial).

Pessoas recém-incluídas no pagamento

No grupo, há também pessoas nascidas em novembro que tiveram o auxílio negado e, por isso, apresentaram contestação à decisão do governo federal — via plataforma digital, entre 26 de agosto e 16 de outubro, ou via site da Dataprev, entre os dias 27 de julho e 19 de outubro. Esses cidadãos foram considerados elegíveis após a verificação.

Também serão contemplados os nascidos em novembro que tiveram o benefício reavaliado no mês passado, segundo o Ministério da Cidadania. Todos esses trabalhadores recém-incluídos vão receber, agora, o crédito da primeira parcela.

depósito da segunda, da terceira, da quarta e da quinta parcelas do auxílio emergencial será feito de uma só vez, conforme o cronograma do ciclo 6.

No caso dos nascidos em novembro, esse segundo depósito agrupado das demais parcelas será feito em 28 de dezembro. Já o saque de todo o dinheiro creditado (sejam cotas do ciclo 5 ou do ciclo 6) será feito numa única data: 25 de janeiro.

(*)com informação do Jornal Extra

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp