Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em sessão de abertura dos trabalhos da 18° Legislatura, na manhã desta quarta-feira, 1º de fevereiro, os parlamentares eleitos destacaram as expectativas para o exercício do mandato na Câmara Municipal de Fortaleza e ressaltaram alguns projetos de iniciativa do Executivo, que deverão ser pautados em debates com os pares e a população neste ano de 2017. Presente a abertura dos trabalhos da Casa, o prefeito Roberto Cláudio, fez um balanço da gestão anterior e citou projetos futuros.

O líder do prefeito na Câmara, vereador Ésio Feitosa (PPL), destacou duas mensagens do Executivo, uma que trata sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo e outra que dispõe sobre o Código da Cidade. “São duas mensagens importantes, que certamente terão um impacto muito positivo na vida do cidadão, pois tratam do dia a dia das pessoas, dos trabalhadores, dos comerciantes, dos empresários. Creio que essas serão as matérias que vão pautar uma discussão maior na cidade.”, ressaltou.

O líder da Oposição, vereador Plácido Filho (PSDB), ressaltou a responsabilidade de fiscalizar e cobrar do Executivo melhorias para a população e destacou que irá debater em audiências públicas, com os sindicatos, associações de bairros, conselhos regionais, OAB e o Ministério Público as matérias do Executivo que tratam da Lei de Uso e Ocupação do Solo e o Código da Cidade, antes de serem votadas em Plenário.

Para as vereadoras Eliana Gomes (PCdoB) e Larissa Gaspar (PPL), o mês de janeiro já foi bastante intenso, com diversas discussões com a população, entre as quais as voltadas para a diversidade e a defesa dos direitos das mulheres. “Nós estamos com um projeto cidadão em movimento, que consiste em uma série de debates, sobre diversos temas, para ouvir as pessoas e buscar solucionar problemas.”, destacou Larissa. “O nosso mandato será voltado para o povo e de mãos dadas com a população vamos debater e levar para o prefeito todas as reivindicações.”, ressaltou Eliana.

Já o vereador Evaldo Costa (PRB), destacou que mesmo não tendo experiência no Legislativo vai trabalhar na busca de uma cidade melhor em todas as áreas, não somente na segurança. O vereador Eron Moreira (PP), que já exerceu mandato na Câmara, informou que irá compor as Comissões de Saúde e Educação da Câmara, e comprometeu-se em atuar na área de mobilidade urbana e meio ambiente. “Vou trabalhar aonde eu puder, pois a nossa função é legislar, criar leis que beneficiem a cidade e fiscalizar o Executivo.”, frisou.

Protestos

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou na sessão que Moroni Torgan (DEM) comandará as ações no município no que diz respeito a segurança, em sintonia com o Estado. RC ouviu alguns protestos de servidores das galerias cobrando reajuste salarial, mas não sinalizou sobre reajuste salarial.

Ele adiantou que quer trabalhar de forma mais integrada com a população e terá uma atuação mais presente junto aos fortalezenses não somente no acompanhamento e inauguração das obras, mas em outros momentos, como por exemplo, sua participação ao lado da Câmara Municipal, das sessões nos bairros.

 

Roberto Cláudio que conta, em tese, com 35 vereadores na sua base de apoio, está na expectativa da aprovação do seu pacote de corte de despesas com rapidez. Entre as propostas para o novo mandato, disse que investirá firme na saúde.

Ele prometeu investir firme na saúde, que, na sua campanha de reeleição, foi o setor mais criticado por adversários. O prefeito não falou em reajuste de salário para a categoria.

Com Agência CMFor