Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira, 29, a Comissão Conjunta de Constituição e Orçamento se reuniu para deliberar os projetos em pauta. São eles Projeto de Lei n° 299/2019 e Projeto de Lei nº 290/2019, ambos com mensagens da Prefeitura à Câmara Municipal de Fortaleza. O primeiro Projeto, que institui o novo Sistema Financeiro de Conta Única no âmbito do Poder Executivo do Município, foi aprovado após discussão dos vereadores presentes. Apenas Guilherme Sampaio (PT) votou contra.

Apoiaram a iniciativa o restante dos vereadores presentes: Didi Mangueira (PDT), Iraguassu Filho (PDT), Esio Feitosa (PDT), Jorge Pinheiro (DC), Paulo Martins (PRTB), Emanuel Acrizio (PRP) e Dr. Porto (PRTB). De acordo com o prefeito Roberto Cláudio (PDT), em mensagem anexa à matéria, o Projeto traz em si um potencial de benefícios de natureza não só financeira, mas operacional e de transparência.

O segundo Projeto de Lei Ordinária, que autoriza a realização de Convênio de Cooperação com o Estado do Ceará para a gestão associada do serviço público de saneamento básico, foi aprovada consensualmente. De acordo com a mensagem do prefeito Roberto Cláudio, anexa à matéria, caso seja o projeto aprovado, trará vantagens como a viabilização de implantação da Usina de Dessalinização com capacidade para atender cerca de 720 mil habitantes, diversificando a matriz hídrica e reforçando o abastecimento no município, conforme previsto do Plano Fortaleza 2040.

*com informações da Câmara dos Vereadores de Fortaleza

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp