Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito Roberto Cláudio (PDT) cumprem, nos últimos 15 dias, uma agenda conjunta e intensa com inaugurações e visitas a obras para fortalecer a base de apoio ao candidato situacionista José Sarto à Prefeitura de Fortaleza. A sequencia de visitas e inaugurações já passou pelas obras de ampliação do IJF, de construção do metrô e, neste sábado, pela duplicação do viaduto da Avenida Alberto Craveiro sobre a BR 116, onde estava um dos maiores gargalos do trânsito da Capital.

Foto: Gibaja – Governo do Ceará

Os laços de fraternidade política e parceria administrativa com o PDT, como bem destacou o Governador Camilo Santana, o deixam unido ao prefeito de Fortaleza para ampliação de serviços importantes para a população e com feitos na campanha eleitoral.

Filiado ao PT, que tem a candidatura de Luizianne Lins, Camilo não pode fazer campanha para José Sarto, mas as articulações políticas que conduz se retratam no fortalecimento do pedetista na corrida ao Paço Municipal. A ampliação dos aliados políticos constrói o caminho para conversão dessa força em votos. É, nesse cenário, que Camilo e Roberto trabalham em uma puxada agenda que não comporta a palavra surpresa.

O roteiro de visitas a diferentes bairros da Capital antecede ao início do horário da propaganda eleitoral pelo rádio e pela televisão que dará ainda mais visibilidade aos candidatos que concorrem ao primeiro da eleição de 15 de novembro. A propaganda no rádio e na TV começa no dia 9 de outubro e marcará uma das mais importantes etapas da campanha eleitoral.

Foto: reprodução da internet

Camilo e Roberto Cláudio, ao cumprir a agenda pelos bairros de Fortaleza, trabalham para Sarto dá a largada no horário eleitoral encostando nos dois dígitos de aceitação popular, o que o proporcionará mais segurança para chegar ao segundo turno.

Foto: reprodução da internet

Sarto terá mais de 1/3 dos 70 minutos diários de inserções na propaganda e, é nessas mensagens pelo rádio e pela televisão, que o pedetista aposta na consolidação da imagem e do nome para disputar o segundo turno.

O principal adversário é o Capitão Wagner, do PROS, candidato que une a oposição ao PT e ao PDT, mas Luizianne Lins, do PT, e Heitor Férrer, do Solidariedade, se opõem à matemática de que, com estrutura política e partidária, a eleição estará definida. Ou seja, tanto Luizianne quanto Heitor quer aparecer como surpresa para um segundo turno. A palavra surpresa está excluída do dicionário de Camilo e Roberto e, por essa razão, trabalham unidos para garantir a presença de José Sarto no segundo turno.