Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O governador Camilo Santana (PT) tem dormido pouco nos últimos dias e cumpre uma agenda de reuniões com secretários, técnicos, prefeitos e autoridades da área de saúde do Ceará e com governadores do Nordeste para definição de novas medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Os governadores, a partir dessa articulação, irão, dentro do modelo de consórcio, ampliar as compras de equipamentos e insumos na área médica e hospitalar. Camilo, ao anunciar que o Estado prepara para funcionamento a partir desse domingo, em Fortaleza, um hospital com 230 leitos para atender exclusivamente as vítimas de coronavírus, fez apelo aos 184 prefeitos para ajudá-lo no cumprimento do decreto que disciplina o fechamento dos estabelecimentos do comércio.

Camilo assinou a carta dos Chefes de Executivos das 27 unidades da Federação cobrando novas ações do Governo Federal para os Estados e Municípios ampliarem as medidas de combate ao Covid-19 e, nesta sexta-feira, dedicou parte da agenda a conversas virtuais com governadores da Região Nordeste.

Os governadores avaliaram a situação da pandemia na região, as ações tomadas até aqui em cada estado, e as formas de ação conjunta nesse enfrentamento. Uma das deliberações da reunião, de acordo com a assessoria de comunicação do Palácio da Abolição, foi a intensificação do processo de compras conjuntas de equipamentos e insumos médicos para os nove estados, além das ações de barreiras sanitárias nas divisas do Nordeste.

Confira a postagem do governador:

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp