Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Caminhão do Cidadão, equipamento da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), segue percorrendo o Estado, levando serviços de emissão da documentação básica à população. Nesta semana, além de Fortaleza e Caucaia, os municípios de Maracanaú e Quiterianópolis, no Sul do Ceará, entram na rota do Caminhão, que fechará julho com 35 comunidades assistidas.

“Neste mês, o Caminhão do Cidadão está percorrendo 35 comunidades e atendendo com serviços de cidadania centenas de pessoas, gratuitamente, em seus próprios bairros. São pessoas em situação de vulnerabilidade social, que não têm como se deslocar ou acessar os serviços de emissão de documentos ofertados pelo governo do Estado. Esse é um serviço que não para. Cidadania é direito de todes”, destaca a titular da SPS, Socorro França.

Nesta terça-feira (27), estará na Paupina, em Messejana; na 3ª Etapa do Conjunto José Walter; e na Praça da Matriz, no Centro de Caucaia. Amanhã (28), serão atendidas as comunidades do Morro Santiago e das Goiabeiras, na Barra do Ceará; e do Residencial José Lino da Silveira, em Caucaia. Nas próximas quinta-feira (29), sexta-feira (30) e no sábado (31), o Caminhão aportará, respectivamente, nos bairros Jurema, Matões e Praia do Icaraí, todos em Caucaia. Por toda a semana, de segunda a sexta-feira, outra unidade do Caminhão estará prestando serviços na sede do município de Quiterianópolis. O Caminhão do Cidadão iniciou os atendimentos nesta segunda-feira, quando esteve nos bairros Edson Queiroz e Antônio Bezerra, em Fortaleza, e em Maracanaú, onde também atendeu no último sábado.

Entre os serviços ofertados, presencialmente, nas unidades do Caminhão do Cidadão, estão a emissão das 1ª e 2ª vias da Carteira de Identidade (RG), 1ª via do CPF e emissão do comprovante, emissão do atestado de Antecedentes Criminais, impressão da Declaração de NIS e orientações para fazer a Carteira de Trabalho (CTPS Digital). “Os atendimentos são realizados mediante agendamento pelo usuário, na própria comunidade. Por dia, são ofertadas 70 vagas”. informa o supervisor do programa Caminhão do Cidadão, Isaac Lima.

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp